APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Adão Iturrusgarai

Adão Iturrusgarai

Considerado um dos mais importantes cartunistas brasileiros, publica diariamente suas tiras no caderno Ilustrada da Folha de S.Paulo

Adão Iturrusgarai nasceu em 18 de fevereiro de 1965, em Cachoeira do Sul (RS). Formou-se em Publicidade e Propaganda pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS), de Porto Alegre, em 1986. Começou, também, um curso de Artes Plásticas, que não concluiu.

Publicou seu primeiro desenho em 1982, no Jornal do Povo (RS), de Cachoeira do Sul. Ganhou, então, uma coluna no jornal. Em 1983, já na capital gaúcha, enquanto estudava e trabalhava como diretor de arte em agências de Publicidade, desenvolveu paralelamente seu trabalho como ilustrador e chargista. Editou, em 1990, a revista Dundum, que chegou a publicar ilustrações, cartuns e historietas de consagrados artistas gaúchos, como Eloar Guazzelli, Edgar Vasquez e Otto Guerra, entre outros. Desde então, é apontado como um precursor da escola gaúcha conhecida como Quadrinho Chinelão, da qual fazem parte Allan Sieber e Eduardo Oliveira.

Mudou-se para a França em 1992, onde publicou seu trabalho nas revistas Chacal Puant e Flag. Voltou ao Brasil no ano seguinte, passando a morar em São Paulo (SP), atuando como redator de programas humorísticos e infantis da Rede Globo (TV Colosso, Casseta & Planeta, entre outros). Em 1994, foi incorporado ao trio Los Três Amigos – composto pelos cartunistas Angeli, Laerte e Glauco (1957-2010) – e lançou a revista Big Bang Bang, que durou quatro números. Na ocasião, passou a colaborar com o jornal Folha de S.Paulo (SP), onde, em 1996, passou a publicar uma tira diária no caderno Ilustrada.

Foram as páginas da Folha que viram nascer a personagem mais conhecida de Adão: Aline, uma adorável mulher contemporânea, que trabalha, odeia cozinhar, tem dois namorados (Otto e Pedro) e é viciada em sexo. As tiras de Aline tiveram tamanho sucesso que foram adaptadas para a televisão em 2009, em um programa especial de fim de ano, que transformou-se em uma série, exibida em duas temporadas pela Rede Globo: de outubro a novembro de 2009 e de fevereiro a março de 2011.

Além de Aline, Otto e Pedro, Adão tornou populares os caubóis gays Rock & Hudson, os membros da Família Bíceps, o inoportuno Homem Legenda e o personagem solitário da série La Vie em Rose – inspirada nas tiras do cartunista francês Georges Wolinski.

A partir daí, seus trabalhos já foram publicados em diversos jornais e revistas brasileiros, como Chiclete com Banana (SP), Mil Perigos (SP), Bundas (RJ), Veja (SP), General (SP), Vírus (SP), Capricho (SP), Caros Amigos (SP), Sexy (SP), Jornal do Brasil (RJ), O Tempo (MG), Tribuna do Norte (RN), Diário de Pernambuco (PE), Valeparaibano (SP) e O Liberal (PA). Frequentaram, ainda, no exterior, as páginas das revistas Internazionale (Itália) e Fierro (Argentina) e dos jornais El Clarín (Argentina) e Correio da Manhã (Portugal).

Casado com uma argentina, Adão já morou no Rio de Janeiro, em Buenos Aires, na Patagônia argentina e em Punta Del Este (Uruguai). Reside, agora, em uma pequena cidade na província de Córdoba (Argentina).

Em 2005, o canal Cartoon Network chegou a produzir cinco desenhos animados de Aline. A personagem inspirou, ainda, uma série de livros: Fantasias Urbanas (Devir, 2000), Aline e Seus Dois Namorados (L&PM, 2001), Cama, Mesa e Banho (Devir, 2001), Era Uma Vez... (Devir, 2002), TPM – Tensão Pré-Monstrual (LP&M, 2006); Finalmente Nua!!! (L&PM, 2009); Viciada em Sexo (L&PM, 2009); Numas de Colegial (L&PM, 2011) e Antrologia - Aline, Otto e Pedro (L&PM, 2011).

Publicou, ainda, os títulos Clinch! – Fliptum (Projeto Poá, 2000), Kiki – A Primeira Vez (Devir, 2003), Rocky & Hudson e Outras Histórias (Devir, 2004), Existe Sexo Após a Morte? (Desiderata, 2007), No Divã com Adão (Planeta do Brasil, 2008) e Momentos Brilhantes de Minha Vida Ridícula (Zarabatana, 2012). Na Espanha, saiu Rocky & Hudson. Los cowboys gays (Diabolo, 2011).

É coautor de quatro livros com Jairo Bouer: Álcool, Cigarro e Drogas (Panda Books, 2005), O Corpo das Garotas (Panda Books, 2005), O Corpo dos Garotos (Panda Books, 2006) e Primeira Vez (Panda Books, 2006). É coautor, também, de Eu Vou Conseguir Ficar na Aula (Modelo de Nuvem, 2010), com Nana Corte, e Tudo o que Você Não Queria Saber sobre Sexo (Record, 2012), com Mirian Goldenberg.

Venceu o Prêmio HQ Mix 2000 de Melhor Tira Nacional, pelo trabalho na Folha de S.Paulo.

Mantém o blog O Mundo Maravilhoso de Adão Iturrusgarai, alocado no portal UOL.


Atualizado em junho de 2012.
Fontes:

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)