APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Adriano Ceolin

Adriano Ceolin

Repórter de política do jornal O Estado de S.Paulo, foi repórter especial da revista Veja (sucursal Brasília), passou pelo portal do iG como editor, foi repórter da Folha de S.Paulo e do jornal Correio Braziliense

Adriano Ceolin é bacharel em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo desde 1998 e fez pós-graduação em Jornalismo na Universidad de Navarra/Espanha em 1999.

Ainda durante a faculdade, participou da equipe que fundou, em 1997, o diário Lance!, onde atuou na cobertura de futebol. No ano seguinte, mudou-se para o Diário do Grande ABC para trabalhar como repórter de Política. Ainda em 1998, foi aluno do curso Focas do jornal “O Estado de S.Paulo”.

Mudou-se para Brasília em 2001. Trabalhou, em princípio, como repórter do portal iG. No ano seguinte, foi para o Correio Braziliense, onde ficou até março de 2004. Teve rápidas passagens pela revista IstoÉ Dinheiro e pela assessoria de imprensa da Fundação Nacional de Saúde.

Em 2003 estava na equipe do Correio Braziliense que foi finalista do prêmio Esso de Jornalismo com a matéria Corrupção no Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

Em setembro de 2005, ingressou na sucursal da Folha de S.Paulo, em Brasília. Deixou o jornal por nove meses, em 2007, mas voltou à equipe em dezembro daquele ano. Na Folha, participou do início da série de reportagens sobre desvios administrativos no Senado, como o escândalo das horas extras durante o recesso parlamentar.

Assumiu como editor de política do iG em abril de 2010. Naquele ano, atuou a maior parte do tempo como repórter durante as eleições presidenciais. Ficou no portal até maio de 2012. Em seguida, migrou para a revista Veja, onde trabalha como repórter de política com foco no Congresso Nacional.

Assumiu como editor de política do iG em abril de 2010. Naquele ano, atuou a maior parte do tempo como repórter durante as eleições presidenciais. Ficou no portal até maio de 2012.

Em seguida, junho de 2012, migrou para a revista Veja, para uma temporada de três anos e meio como repórter de política com foco no Congresso Nacional. Ficou na Veja, sucursal de Brasília e veja.com até setembro de 2015.

No mesmo mês seguiu para o Estadão, onde permanece.

 

 

 

Atualizado em novembro/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

https://www.linkedin.com/in/adriano-ceolin-72bb864a

http://br.linkedin.com/pub/adriano-ceolin/4a/b86/72b

http://www.iesb.br/moduloonline/napratica/?fuseaction=fbx.Materia&CodMateria=1409

 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)