APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Adriano De Lavor

Adriano De Lavor

Jornalista da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro é repórter da revista Radis, da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp). Mestre em Comunicação e Cultura pela ECO/UFRJ, é especialista e doutor em Comunicação e Saúde, no Instituto de Comunicação e Informação Científica (Icict).

Adriano De Lavor Moreira nasceu em Fortaleza, Ceará, mora no Rio de Janeiro.

Doutor em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação e Saúde (PPGICS) do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz), onde integra o Grupo de Estudos Comunicação e Desigualdades em Saúde. Mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro é especialista em Comunicação e Saúde pela Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP).

A formação acadêmica começou com a Graduação em Comunicação Social, 1988 – 1997, pela Universidade Federal do Ceará. Apresentou a monografia Notícia e homossexualidade.

Entre 2003 e 2004 fez Especialização em Comunicação e Saúde, pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, quando apresentou o trabalho Título: Cibersentido - A batalha simbólica em torno da Aids na Internet.

O Mestrado em Comunicação e Cultura, iniciado em 2005, obteve com a tese: O vírus que contaminou a Rede - uma investigação sobre comunicação e aids na Internet, Ano de Obtenção: 2007, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Trabalhou como repórter, editor e colunista de O POVO (de Fortaleza) entre 1991 e 2004. Foi apresentador e Repórter da TVC (Ceará), de 1994 a 1995.

Saiu de fortaleza em 2005, foi para o Rio fazer mestrado na UFRJ. Fez concurso para a Fundação Oswaldo Cruz e deste então passou a atuar como jornalista, pesquisador e professor, da Fundação na Escola Nacional de Saúde Pública. Servidor público na Fundação Oswaldo Cruz (RJ) desde 2006, integra a equipe de jornalismo do programa Radis - Comunicação e Saúde. É repórter da revista Radis.

Tem experiência com práticas de Jornalismo e Saúde e com ações de consultoria, assessoria e ensino em organizações do Governo e do Terceiro Setor. Dedica-se à pesquisa em comunicação, visibilidade social, políticas públicas e saúde, com foco nas minorias.

Começou em 2010 doutorado em Informação e Comunicação e Saúde também pela Fiocruz tendo como tema o estudo de uma tribo de índios pernambucanos. Concluiu o Doutorado em 2014 pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde com o título: Visibilidade, comunicação, políticas públicas e saúde: ressonâncias e interrelações na saúde indígena.

Em formação complementar concluiu vários cursos: extensão universitária em Informações preventivas sobre drogas. (Carga horária: 80h), Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária, 2002/03; extensão universitária em Estratégias na abordagem do uso e abuso de drogas, Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, em 2006; extensão universitária em Prevenção ao álcool no ambiente de trabalho, Universidade Federal de Santa Catarina, em 2008; extensão universitária em Direito à Saúde, Universidade de Brasília, 2009 – 2000.

Foi editor do People e manteve de 2008 a 2010 o blog Elegante Digital. Um destaque entre os seus textos escreveu sobre o filme Praia do Futuro e suas impressões.

 

 

Atualizado em Janeiro/2016 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

www.ensp.fiocruz.br/radis

http://www.opovo.com.br/app/opovo/people/2014/06/07/noticiasjornalpeople,3261736/saudade-em-graos-de-areia.shtml

http://elegantedigital.blogspot.com.br/

http://www.tvceara.ce.gov.br/

http://andromeda.ensp.fiocruz.br/radis/revista-radis/100/reportagens/quem-faz-radis

Informações coletadas do Lattes em 25/11/2015

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)