APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Alexandre Caverni

Alexandre Caverni

Editor-chefe, na agência Reuters desde 1992, na qual ingressou inicialmente para cobrir o mercado de câmbio. Antes, trabalhou na Folha de S.Paulo. Formado em Economia e em Jornalismo e pós-graduado em Política Internacional.

Alexandre Caverni nasceu em 18 de abril de 1963, em Campinas (SP). “Eu nem sabia o que era o mercado de trabalho, quando meu gosto por escrever me levou a uma escolha e a uma jornada escolar dobrada”, declarou ele, ao falar de sua dupla graduação em 1986: Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e Economia na Universidade de São Paulo (USP).
 
Em janeiro de 1987, começou a trabalhar como redator na editoria de Economia da Folha de S.Paulo, onde também teve uma rápida passagem pela editoria de Esportes. Saiu da Folha no final de 1989 para fazer uma tentativa na área de Leasing do Unibanco, numa aventura que durou pouco, e já em 1991 estava de volta ao jornal.
 
No ano seguinte, ingressou na Reuters. Inicialmente cobriu o mercado de câmbio, para o serviço internacional. Durante a crise asiática foi chamado três vezes no meio das férias para ajudar os correspondentes estrangeiros a explicarem para os mercados internacionais o que estava se passando, num momento crítico para o Brasil. Depois de várias tentativas, acompanhou, em 1998, a implementação do serviço em português e a transformação da Reuters em uma agência com dezenas de jornalistas brasileiros.
 
Naquele ano, juntou o interesse pelo noticiário internacional com a necessidade, sentida há tempos, de um upgrade nos estudos para fazer um curso de pós-graduação latu sensu em Política Internacional, na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Com o serviço doméstico, foi ocupando mais espaços e, além dos mercados financeiros, passou a coordenar a cobertura de Macroeconomia, que incluía o noticiário político.
 
Em 2002 ajudou a coordenar a cobertura em português da Reuters para as eleições, ficando depois disso como coordenador de Política no serviço doméstico. Em 2004, teve a oportunidade de montar um minipacote sobre os 40 anos do golpe de 1964, tema que o fascina desde os tempos da faculdade “pelo fato de o País ter perdido ali o caminho para construir um desenvolvimento independente e diferenciado”.
 
Liderou, como editor-chefe, o Serviço Brasileiro da Reuters por cinco anos, período em que o produto passou por profunda transformação e ganhou relevância no mercado local de Jornalismo em tempo real. Em fevereiro de 2013, ainda na Reuters, assumiu a função de editor do Front Page, ao lado de Raquel Stenzel, para cuidar da edição das principais matérias e assegurar os padrões globais de qualidade da agência nas notícias em português.
 
 
Atualizado em 10/2011 - Portal dos Jornalistas
Fonte:
Informações fornecidas pelo jornalista
 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)