APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Ana Amélia Lemos

Ana Amélia Lemos

Durante 33 anos atuou no Grupo RBS, possui experiência em rádio, tevê, jornal e revista. Se firmou nas editoria de Política e Economia. Desde 2011 é senadora pelo Partido Progressista do Rio Grande do Sul (PP/RS)

Ana Amélia Lemos nasceu em 23 de março de 1945, no distrito de Clemente Argolo, interior de Lagoa Vermelha (RS). Formou-se em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS), em 1970.
 
Antes mesmo de terminar o curso universitário, foi contratada como produtora do programa Repórter da História, da rádio Guaíba (RS), de Porto Alegre. Em 1970, migrou para o Jornal do Comércio (RS), onde atuou como repórter de economia. Paralelamente, em 1973 iniciou a carreira na televisão, no programa Câmera 10, da TV Difusora (RS). Na mesma época atuou na rádio Difusora (RS) e na sucursal gaúcha do jornal Correio da Manhã (RJ). Também escreveu reportagens para a revista Visão (SP).
 
Por intermédio de Maurício Sirotsky Sobrinho, ex-presidente e fundador do Grupo RBS, Ana Amélia migrou, em 1977, para a TV Gaúcha (RS), atual RBS TV. Lá, acumulou os cargos de produtora e apresentadora do programa Panorama Econômico, além de assinar coluna de mesmo nome no jornal Zero Hora (RS).
 
Mudou-se para Brasília (DF), em 1979, acompanhando seu marido Octávio Omar Cardoso (1930-2011), suplente do senador biônico Tarso Dutra (1914-1983), que foi efetivado no cargo em 1983, exercendo-o até 1987. Na capital federal, Ana Amélia atuou como repórter do jornal Zero Hora, da RBS TV, do Canal Rural e da rádio Gaúcha. Três anos depois, foi promovida à diretora do grupo em Brasília, função que exerceu até 2003. Possuía, também, uma coluna no Zero Hora e participava ao vivo dos programas Bom Dia RS, Bom Dia SC (na tevê) e Gaúcha Atualidade (na rádio).
 
A mudança na carreira ocorreu em 2010, quando se candidatou ao cargo de senadora pelo Partido Progressista (PP). Afastou-se, então, do Jornalismo, por determinação do Guia de Ética, Qualidade e Responsabilidade Social da RBS. Em outubro do mesmo ano foi eleita com 3,4 milhões de votos.
 
No Senado, participa das comissões de Assuntos Econômicos, de Assuntos Sociais (em quatro subcomissões), de Desenvolvimento Regional e Turismo (em uma subcomissão), de Educação, Cultura e Esporte, de Agricultura e Reforma Agrária, de Relações Exteriores e Defesa Nacional (em duas subcomissões) e de Reforma Política 2011, além do Conselho da Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara. Na tribuna, entre outros pronunciamentos, divulgou o lançamento da cartilha Manual de Cidadania do Paciente com Câncer, de Antonieta Barbosa, pela gráfica do Senado, defendeu a universalização dos serviços de telecomunicações e transmissão de dados, homenageou o padre Roberto Landell de Moura (1861-1928), como precursor do rádio, da televisão e do teletipo, entre outras notáveis descobertas na área das telecomunicações, e apoiou a programação livre na mídia e a liberdade de expressão. Representou o Senado no 7° Fórum Parlamentar IberoAmericano, realizado em outubro de 2011, em Assunção (Paraguai).
 
Adotou uma forma alternativa de utilizar sua cota para impressões na gráfica do Senado Federal, confeccionando livros, distribuídos entre estudantes, escolas e universidades, ao invés de informativos sobre sua participação política. Sob esta determinação, foram impressos, em 2011, 18 mil exemplares de publicações como o Estatuto do Idoso, a Lei Maria da Penha, o Código Civil, o Manual de Cidadania do Paciente do Câncer e outros títulos.
 
Em retrospectiva de seu primeiro ano de mandato, destacou os trabalhos da Subcomissão sobre Dependentes Químicos, da qual foi relatora. Ressaltou, também, a aprovação, pela Comissão de Assuntos Sociais, de projeto de sua autoria prevendo isenção de imposto de renda para aposentos com mais de 60 anos inscritos no Regime Geral da Previdência. Finalmente. lembrou a aprovação do projeto de lei que torna obrigatória a cobertura, pelos planos privados de saúde, de tratamento oral de quimioterapia.
 
 
Atualizado em abril/2013 - Portal dos Jornalistas
Fontes:
 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)