APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Ana Célia Ossame

Ana Célia Ossame

Repórter da editoria de Cidades do jornal A Crítica de Manaus, é vencedora de vários prêmios de jornalismo. É coautora dos livros ‘100 Histórias de Paixão por Manaus’ e autora do ‘Imaginei assim’

Ana Célia Ossame nasceu em Manaus no dia 1.º de abril de 1962, é formada em jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas/UFAM, trabalha há duas décadas como repórter de Cidades, com destaque para a área de Educação. Tem pós-graduação em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas,

Foi premiada, juntamente com a jornalista Lúcia Carla Gama, com o prêmio Ayrton Senna de Jornalismo em 2000, com matéria sobre Educação Indígena.

Foi Prêmio Imprensa Embratel Regional/ Norte 2004, repetindo a mesma dupla com a Lúcia, na matéria “Nós amazonenses”, publicada no jornal A Crítica.

‘Nós amazonenses’ faz um perfil da população de 16 municípios do interior para mostrar como os amazonenses são um povo heterogêneo, além de contar como enfrentam as dificuldades e as deficiências dos serviços públicos e o abandono do poder público. A reportagem do jornal A Crítica foi publicada em abril de 2004.

Participou do livro ‘100 Histórias de Paixão por Manaus’ lançado em maio de 2012, que relata histórias de amor por Manaus, uma publicação da Editora da Amazônia. A narrativa conta histórias de 100 pessoas que vieram a Manaus por diversos motivos e acabaram ficando na cidade.

Além da Ana Célia outros quatros jornalistas de A Crítica participaram do projeto: Gerson Severo, Lucy Rodrigues e Cesar Augustus Coelho. Foram selecionadas 100 pessoas que escolheram Manaus para viver. Cada um dos jornalistas colheu depoimentos de 20 personagens. São histórias de vida de pessoas que não nasceram em Manaus, mas chegaram à capital do Amazonas em busca de oportunidades e realização de sonhos. A capa do livro foi criada pelo cartunista Romahs.

Para a jornalista Ana Célia ter participado da elaboração do livro foi uma experiência muito interessante. “ Eu pude fazer o que mais gosto no jornalismo, ouvir as histórias das pessoas e escrevê-las. Um ingrediente especial, o de falar da paixão por Manaus, o que fez a pessoa ficar aqui, gerou depoimentos maravilhosos e, sem poder evitar a redundância, apaixonados mesmo que mereciam o registro no livro”.

Ana Célia está em outra obra, essa poética: Imaginei assim (Manaus, 1986).

Atualmente, é repórter da editoria de Cidades do jornal A Crítica.

Ana é jornalista Amiga da Criança (JAC) da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi).

Declara que: “Acredito em Deus e no que Ele pode fazer para as pessoas se tornarem melhores, mais justas, solidárias e dignas”.

 

 

 

Atualizado em outubro/2012 – Portal dos Jornalistas

 

Fontes:

http://www.embratel.com.br/Embratel02/files/secao/01/03/2835/jornal.pdf

Jornal O Povo

http://acritica.uol.com.br/vida/Livro-historias-Manaus-gaveta-VIDA_0_692930727.html

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)