APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Beatriz Borges

Beatriz Borges

Integra a equipe que se responsabiliza em colocar no ar o projeto de instalação no Brasil (São Paulo) do jornal El País em português, trabalha para trabalho o diário espanhol o veículo desde 2011. Foi correspondente para a Carta Capital e revista Placar. Passou ainda pelo jornal Gazeta Mercantil e Shop & Costumer, empresa de Netquest.

Beatriz Borges fala cinco idiomas Inglês, Espanhol, Italiano, Catalão e Português. Foi bolsista PIBIC/Mackenzie de iniciação científica no período de 2003 a 2006, encerrou com o TCC, Trabalho de Conclusão do curso, no qual abordou o tema Comunicadores da rádio Voz Ativa, favela do Buraco Quente, de São Paulo, concluindo assim o bacharelado em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie

Voltou a conquistar novo período de bolsista na ALBAN de Alto Nível de la Unión Europea, quando apresentou a tese sobre weblogs, esfera social y democracia en situaciones de conflicto armado, que lhe permitiu concluir o master em Gestão de Conteúdos Digitais, Web social; pela Universidade de Barcelona entre 2007/2009. Entre 2011 e 2012 finalizou outro máster, este em Periodismo (Jornalismo) pelo jornal El País.

Entre os vários cursos independentes e complementares que concluiu estão dois na Universidade de Stanford (EUA) o Democratic Development e o Human-Computer Interaction, e mais um na Universidade de Michigan (EUA), de Social Media Analysis.

Começou na carreira como freelance na Gazeta Mercantil na editoria de economia, em estágio que durou três meses em 2009 (maio e julho/2009).

Passou pela Shop & Costumer, empresa de Netquest, painel online criado através de captação ativa e dedicado exclusivamente à pesquisa comercial e de opinião. Ficou lá de junho de 2009 a abril de 2010 cuidando da gestão de conteúdos digitais de ecommerce e atuando na assessoria de imprensa.

Beatriz Borges dedicou a um período sabático de 2010 a 2012, quando concluiu as formações suplementares mencionadas acima.

Da Espanha trabalhou como freelance para a Carta Capital em reportagens especiais como correspondente, de 2011 a 2013. Acumulou a função, entre julho de 2012 e outubro de 2013, com outro freelance, este para a revista Placar, diretamente de Madrid.

Trabalhou ainda desde julho de 2011 para o jornal El País, passando a integrar a partir em novembro de 2013 quando foi convidada a integrar a equipe que se responsabiliza em colocar no ar o projeto de instalação no Brasil (São Paulo) do jornal El País em português. Retornou ao Brasil em fevereiro de 2013.

O jornal espanhol, que circula em 34 países de língua castelhana em versão regional, lançou a plataforma digital com conteúdo padrão de site de notícias, com editorias de internacional, política, esportes e especial atenção a economia e cultura. O projeto também previu o trabalho com a rede de colaboradores internacionais para as suas reportagens.

Para o novo portal, foram contratados dez profissionais, que começaram a trabalhar sob o comando do jornalista espanhol Luis Prados, antes da estreia brasileira, são eles: Carla Jimenez (como Editora-chefe do projeto), Afonso Benites, Cecília Ballesteros, Felipe Vanini, Frederico Rosas, Maria Martins, Marina Rossi Fernandes e Talita Bedinelli e Raquel Seco, além da própria Beatriz Borges.

Beatriz também trabalha como tradutora, entre as traduções feitas por ela é possível ler as postadas no próprio blog onde estão os comentários assinados pelo jornalista Clovis Rossi da Folha.com ou no portal do El País, que traz como legenda algo-mais-que-samba.

 

 

Atualizado em novembro/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://br.linkedin.com/in/beatrizborges/pt

http://beatrizborges.wordpress.com/

blogs.elpais.com/algo-mais-que-samba

Foto: http://vimeo.com/user7927236

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)