APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Brancato Jr.

Brancato Jr.

Jornalista, apresentador de TV e especialista em Santo Sudário. Foi produtor e diretor das primeiras emissoras em funcionamento em SP, entre elas Excelsior, Record e Bandeirantes. Apresenta o programa 'Prazer Em Conhecê-lo' da Redevida.

Paulino Brancato Junior, conhecido por Brancato Jr., nasceu no bairro da Mooca, em São Paulo, em 1934, descendente de italianos da Sicília. Ainda jovem cursou Direito na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) - São Paulo (SP).

Filho de jornalista, com apenas 15 anos de idade (1949), já atuava na como roteirista na antiga TV Paulista de SP onde se destacou por escrever bem e ter trabalhado simultaneamente nas funções de assistente de câmera, cinegrafista, operador de VT e redator; assim, em pouco tempo, passou a produzir programas humorísticos.

Quando o diretor geral, Demerval Costa Lima, vindo da TV Tupi, chegou para dirigir a nova emissora, deu toda atenção ao ‘garoto prodígio’. Com o passar do tempo, o jovem que já havia sido produtor e diretor de TV, passou a atuar como diretor artístico e depois a diretor geral da emissora.

Posteriormente, Victor Costa, então dono da TV Paulista, convidou Brancato Jr. para organizar e dirigir a TV Bauru, novo veículo da rede. E foi um sucesso, pois o jovem fez da retransmissora do interior paulista uma geradora de grandes programas, sendo responsável pela criação de telejornais, teledrama e espetáculos musicais trazendo grandes elencos que lá faziam programas ao vivo, entre eles, Hebe Camargo. Ali nasceu, entre outros, o programa Moacir Franco Show, sucesso eterno da televisão brasileira.

Depois, esteve também na TV Excelsior (canal 9 de São Paulo) onde foi produtor executivo e criou a campanha ‘Eu também estou no 9’; outro trabalho importante que marcou sua carreira foi a criação do slogan e as músicas da “vassourinha”, para Jânio Quadros.

Na sequência foi para a TV Record, em São Paulo, onde idealizou o importante programa ‘Show do dia 7’, sempre começando, criando e projetando nomes e estrelas de tevê. Em seguida teve uma passagem como diretor artístico na TV Bandeirantes (SP).

Também esteve no teatro como autor e produtor e, entre outras peças, lançou Aí vem o dilúvio, obra que impressionou o Brasil daquela época.

Em 1966, já atuando no campo do cinema, dirigiu o longa metragem Os incríveis neste mundo louco, filmado pela banda durante um cruzeiro de navio por cinco países da Europa. O filme foi lançado em 1967 com grande sucesso nos cinemas do País e contou como a colaboração do produtor Primo Carbonari.

Paralelo à sua ampla trajetória como produtor de tevê, teatro e cinema, além de ser advogado, atuou também como radialista, professor, publicitário e no marketing político; mas seu nome entrou mesmo para a história da televisão brasileira como aquele que ‘ajudou a montar a segunda emissora de TV do País’, reconhecido pelos mais renomados profissionais do ramo.

Desde a década de 1970 é um estudioso do Santo Sudário, o misterioso pano que cobriu o corpo de Jesus Cristo após morrer crucificado, relíquia guardada numa caixa de prata que permanece na Catedral de Turim, na Itália. Na época, Brancato participou do 2º Congresso Mundial de Estudos do Sudário, em Turim, e conheceu dois dos mais famosos nomes desta pesquisa: John Jackson e Eric Jumper, líderes do Sturp (sigla, em inglês, para Projeto de Pesquisa do Sudário de Turim); desde então, se envolveu com o campo da sindonologia, passou a ser seu grande divulgador e se tornou membro do Centro Internacional de Sindonologia de Turim, entidade italiana que reúne pesquisas do tema.

Fruto dessa atividade, lançou, em 1978, o documentário Santo Sudário, pela sua empresa B2 Promoções com parceria da Embrafilme, sendo o único jornalista que teve, na época, a permissão para entrar na Igreja de São João Batista, de Turim, para filmar a peça original. No documentário Brancato Jr. explica o que é a relíquia e conta sobre sua história, sempre cercada de mitos e verdades que desafiam a ciência. Desde então passou também a escrever sobre o assunto para a imprensa católica e laica. Posteriormente foi autor de outros dois documentários sobre o Santo Sudário, além de se tornar um dos mais ativos pesquisadores e sudaristas do País, reconhecido internacionalmente.

Nos início dos anos 2000 estreou na REDEVIDA de Televisão, o canal católico, o programa dominical de entrevistas Prazer Em conhecê-lo, que até hoje mantém o formato de trazer grandes nomes de vários setores da sociedade brasileira, com o intuito de apresentar o convidado ao telespectador para dar a conhecer um pouco mais sobre a vida e as ideias dos convidados. No programa, Brancato Jr. é o âncora que comanda uma equipe de quatro entrevistadores, entre eles o casal de filhos jornalistas Brancato Neto e Polete Brancato, que fazem perguntas a personalidades como Lima Duarte, Heródoto Barbeiro, Juca Chaves e Sérgio Reis - que já passaram pela casa -, além de bispos, padres, políticos, atores, humoristas e artistas em geral.  Ao final da entrevista, a apresentador informa que é o público que irá formar uma opinião sobre o entrevistado, nas palavras dele: “você é quem vai julgar o convidado e decide se realmente teve ‘Prazer em conhecê-lo’”.

Em 2006, publicou o livro independente Maria Nossa Mãe - Há 2000 Anos e, cerca de três anos depois, lançou Santo Sudário - Uma foto de Cristo de 2000 anos pela Editora Santuário, obra que trata, em linguagem fácil, sobre os dados atualizados das pesquisas científicas em relação à relíquia e de reflexões espirituais do tema.

Há mais de 40 anos (2013) ele dirige a empresa Família Brancato Consultoria, atuando como palestrante de temas de sua especialidade (de produção de TV a religião) e ministrando cursos especiais para executivos, políticos e apresentadores de rádio e televisão para a formação de comunicadores.

Mais recentemente assumiu o cargo de presidente da Associação Brasileira de Estudos do Santo Sudário (ABESS), em parceria com a Arquidiocese de São Paulo, e atua como palestrante do tema para públicos diversos.

Ainda, administra, desde a década de 1970, a B2 Promoções, empresa com departamentos próprios de cinema, carpintaria e cenografia, fotografia, computação, pesquisa de mercado e política que atua no segmento de criação e projetos artísticos e políticos. Além dessas atividades, Brancato Jr. também é presidente da Família Brancato Viagens Especiais, agência de turismo religioso que promove viagens nacionais e internacionais para brasileiros.

 

 

 

Atualizado em agosto/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

https://www.facebook.com/FamiliaBrancato
http://www.redevida.com.br/programa.asp?id=51

http://www.museudatv.com.br/biografias/Brancato%20Junior.htm

http://www.brancatopalestras.com.br/

http://www.livronauta.com.br/livro-Paulino_Brancato_Jr- http://www.pime.org.br/noticias2008/noticiasbrasil764.htm

http://wandayproducoes.com.br/releases/release_incriveis.pdf

Maria_Nossa_Mae_Ha_2000_Anos_767-Independente-Livraria_Essencia_da_Leitura_Ltda-Foz_do_Iguacu-21995331

http://cinemateca.gov.br/cgi-bin/wxis.exe/iah/?IsisScript=iah/iah.xis&base=FILMOGRAFIA&lang=P&nextAction=search&exprSearch=ID=014596&format=detailed.pft

http://revistagalileu.globo.com/EditoraGlobo/componentes/article/edg_article_print/1,3916,516820-1719-5,00.html

https://www.livrarialoyola.com.br/busca2.asp?secao=livros&codsec=13&var1=&var2=BRANCATO,%20JR.%20PAULINO&var4=&var5=0&var6=&var7=0&var8=0&var9=1&var3=108810

http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:Vwt-k8bprXEJ:www.embrashow.com.br/artista/contratar-os-incriveis/&hl=pt-BR&gl=br&strip=1

 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)