APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Caco Galhardo

Caco Galhardo

Faz seu trabalho em duas frentes de comunicação, no Jornalismo e no Cartunismo. Atua em publicações de livros, revistas, web, tevê e no teatro. Mantém na Folha de S.Paulo, desde 2010, sua tira diária Daiquiri. Entre seus desenhos estão Os Pescoçudos, Chico Bacon, Vovô e Lili, a ex

Antonio Carlos Galhardo assina Caco Galhardo. Nasceu em São Paulo (SP) e começou sua carreira na década de 1980, publicando em fanzines. Formou-se em Comunicação pela Faculdades Armando Álvares Penteado (Faap/SP).

Na vida de Caco veio primeiro o desenho e, bem depois, o texto, em 93, quando foi trabalhar na MTV. De 1993 a 1997, trabalhou lá como redator, onde foi idealizador das campanhas de cidadania, prevenção à AIDS e contra a violência. Na televisão também já escreveu para o programa Casseta e Planeta Urgente, da Rede Globo.

Como cartunista, publicou a partir de 1997 a tira Os Pescoçudos, nos jornais Folha de S.Paulo (SP) e O Dia (RJ). São personagens que, postos frente a frente, não se enxergam. Sobre os desenhos, explica com palavrão o que espelham: “Mostram a minha visão de mundo na época, de que é tudo uma m..., porque ninguém se enxerga, só se preocupa com o próprio umbigo. Trabalhei durante anos com esses personagens”.

Colabora regularmente com várias revistas nacionais e estrangeiras (Elle, Criativa, Marie Claire, Viagem e Turismo). Apresentou, entre outubro de 2006 e outubro de 2010, um podcast na Rádio UOL, chamado Fogo no Rádio.

Na série de tiras Daiquiri, sucessora de Os Pescoçudos, expressa o humor cotidiano presente nas relações humanas. Um de seus personagens é o Chico Bacon, um libertário, sem superego, conforme explica.

É membro do grupo Sindicato, que reúne artistas gráficos e videomakers. Eles dividem uma casa no bairro do Sumaré, em São Paulo. Fez ilustração, animação e roteiros para vídeos/documentários e animação para Unicef, Nickelodeon e Festival Videobrasil. Colabora com desenhos para a revista Piauí, atuação que lhe permite total liberdade de criação e que classifica como o melhor dos seus trabalhos.

A série Os Pescoçudos foi reunida em uma coletânea intitulada Diga-me com que carro andas e te direi quem és! (Via Lettera, 2001). Com os mesmos personagens publicou, ainda, You Have Be Disconnected (Devir, 2004). Em coautoria com o escritor Marcelo Mirisola, lançou o livro O Banquete – As gostosas de Caco Galhardo revisitadas por Marcelo Mirisola (Barracuda, 2004). Adaptou diretamente em livro Dom Quixote em Quadrinhos (Peirópolis, 2005), da obra de Miguel de Cervantes (1547-1616).

Produz também material para as crianças por meio de seus livros autorais. Lançou dois livros infantis, Crésh (Peirópolis, 2007) e Bilo (Girafinha, 2008). Como ilustrador, participou de A Menina e o Elefante (Mercuryo Jovem, 2003), de Frei Betto, Rinconete e Cortadillo (Peirópolis, 2005), de Miguel de Cervantes, e Vivendo com Não-Elefantes (Virgiliae, 2010), de Yves Moyen. Está presente, também, na coletânea Dez na Área, Um na Banheira e Ninguém no Gol (Via Lettera, 2002).

Entre os seus novos projetos para 2012 estão: uma história em quadrinhos que será publicada pela editora Companhia das Letras, uma série de coletâneas de tiras com a Devir, além de uma sequência da adaptação do Dom Quixote.

Tem um site oficial no UOL.


Atualizado em Agosto/2012 – Portal dos Jornalistas
Fontes:

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)