APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Carlos Monforte

Carlos Monforte

Trabalhou 36 anos na Rede Globo. Passou também pelos jornais A Tribuna, O Estado de S. Paulo e pelos áreas de Comunicação da Secretaria de Obras do Estado de São Paulo e da Confederação Nacional das Indústrias. É considerado um dos primeiros âncoras do jornalismo brasileiro.

Carlos Américo Aguiar Monforte nasceu em 3 de julho de 1949, em Santos (SP). Formou-se em Jornalismo pela Universidade Católica de Santos (UniSantos/SP), em 1972. Fez dois cursos de aperfeiçoamento no exterior: um na Universidade de Navarra, na Espanha, em 1973, e outro na Fundação Beauve Marie, na França, entre 1975 e 1976.
 
Sua carreira começou antes mesmo de concluir a faculdade, no jornal A Tribuna (SP), onde foi repórter nas sucursais de São Vicente (SP) e Cubatão (SP). Foi compondo uma equipe de A Tribuna que venceu o Prêmio Esso de Imprensa Regional 1972, com a matéria A invasão do continente. Mudou-se para São Paulo (SP), onde por um breve período foi assessor de Comunicação da Secretaria de Obras do Estado de São Paulo. Em 1973, foi para O Estado de S.Paulo (SP), onde atuou como repórter especial. Ficou no jornal até 1978, quando foi para a TV Globo (SP), atendendo a convite dos jornalistas Luiz Fernando Mercadante, Dante Matiussi e Oswaldo Martins Filho.
 
Na Rede Globo começou como repórter local, fazendo matérias para o Jornalismo Eletrônico e, depois, para o Jornal Nacional e o Fantástico. Foi um dos primeiros repórteres da emissora a utilizar as Unidades Móveis, uma novidade na época. Em 1982, assumiu a editoria de Política do Jornal da Globo, além de editar e apresentar o Bom Dia São Paulo. Em 1983 foi para Brasília (DF), onde inaugurou o Bom Dia Brasil, primeiro telejornal da manhã a nível nacional, do qual esteve à frente por nove anos.
 
Em 1989, participou do programa Palanque Eletrônico, que reuniu os então candidatos à Presidência da República. Em 1992, deixou a TV Globo para montar o Departamento de Comunicação da Confederação Nacional de Indústrias (CNI), onde permaneceu por dois anos.
 
Retornou à Globo em 1994, como repórter especial do Jornal da Globo em Brasília, ficando no cargo até 1996. Começou a trabalhar na equipe brasiliense do programa Espaço Aberto, da GloboNews (RJ), em 1998. No fim de 2000, assumiu o cargo de coordenador e apresentador da GloboNews no Distrito Federal, onde apresentou o Jornal das Dez, principal noticiário do canal. Em outubro de 2011 passou a ser comentarista de Politica Externa da emissora.
 
Despediu-se da Rede Globo no final de 2016, após 36 anos na empresa.
 
 
Atualizado em janeiro de 2017
 
Fontes:

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)