APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Civa Silveira

Civa Silveira

Especializada em política, cobriu a editoria nas rádios Universidade, Unisinos, Gaúcha e Band, onde foi coordenadora de rádiojornalismo. É diretora da TV e da rádio Assembléia (RS).

Civa Silveira, cujo nome completo é Maria Acívia Gonçalves da Silveira, nasceu em Herval/RS e é formada pela Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos/RS). Apaixonou-se pelo jornalismo em 1983, nos comícios das Diretas Já, os quais viu de perto durante uma viagem de moto no Rio de Janeiro.

De volta ao Estado do Rio Grande do Sul, a Universidade AM, emissora da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), foi a emissora onde Civa iniciou a carreira, cobrindo as atividades da Câmara de Vereadores de Pelotas. Em um fusca branco, munido de radiotransmissor, fazendo as vezes de unidade móvel, ela realizava a reportagem para o programa Quarto Poder, do jornalista Sérgio Siqueira.
 
No programa, realizada debates entre vereadores, colocando um entrevistado de cada lado, dentro do fusca. Assim, o apresentador também podia participar, porque era ouvido pela rádio. Os debates ganharam destaque e tiveram grande audiência em Pelotas/RS.
 
De 1996 a 2000, foi repórter de cultura e política da rádio Unisinos FM (Novo Hamburgo/RS). Encantou-se com a emissora ao ver um outdoor em uma rodovia com uma propaganda da rádio, que exaltava seu estilo jovem e alternativo. Entre 2001 e 2004, passou para a rádio Gaúcha AM, onde também cobriu política e cultura.
 
Entre 2004 e 2011, trabalhou nas rádios Band AM (RS) e BandNews FM (RS), onde foi repórter até 2008 e em 15 de agosto daquele ano, assumiu como coordenadora de radiojornalismo.
 
Desde 2005 é diretora da TV Assembléia (RS) e, desde 2006, é chefe de reportagem da Rádio Assembléia. 
 
Ganhou o Prêmio Ethos de Jornalismo, em 2001, na catregoria rádio (Região Sul) pela matéria Verde é Vida, veiculada pela rádio Gaúcha.
 
Uma das coberturas mais importantes da carreira foi as negociações relativas ao apoio de Leonel Brizola ao então candidato a governador Antônio Brito, assim como as matérias sobre a morte do político, em 2004. 
 
Outra reportagem que marcou Civa foi uma sobre a Aids, que tinha, entre os personagens, uma ex-cozinheira de um restaurante, que havia sido demitida em razão de ser portadora da doença.

 


 

 

 

 



Atualizado em julho/2012 - Portal dos Jornalistas.

http://www.bandrs.com.br/noticias/index.php?n=7044
http://coletiva.net/site/perfil_detalhe.php?idPerfil=516

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)