APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Cláudia Rezende

Cláudia Rezende

Editora adjunta da revista Viver Brasil e do jornal Tudo. Tem passagens pelo jornal Hoje em Dia e O Tempo e, em 2007, recebeu o Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público

Cláudia Helena Santos Rezende nasceu em Belo Horizonte (MG), em 29 de maio de 1980. Estudou Comunicação Social com ênfase em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/MG). Também é graduada em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (Ufmg/MG). Especializou-se em Revisão de Textos na PUC/MG e fez alguns cursos, como o de Desenvolvimento Humano e o de Educação, no Instituto Ayrton Senna (SP), e o de Docência em Ensino Superior, no Centro Universitário Una (Una/MG). 

O primeiro emprego no Jornalismo surgiu na forma de um estágio na TV Assembléia, em 2000, em Belo Horizonte. Durante um ano auxiliou na produção da emissora e, no ano seguinte, assumiu o cargo de assessora de Imprensa Parlamentar. Em 2003, foi para agência Camaleão Comunicação e Marketing como assessora de Comunicação. Posteriormente, em 2004, assumiu o cargo de repórter no jornal O Tempo, onde contribuiu para a produção dos cadernos de Cidades e de Política.

No mesmo período, passou seis meses trabalhando na Agência Infográfica Graffo. Em 2005, foi para o Hoje em Dia como repórter do caderno Minas. Em 2007, recebeu o primeiro lugar do Prêmio Délio Rocha, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais. A série de reportagens premiada abordou a prática e os resultados da venda, sem receita médica, dos remédios emagrecedores.

Ainda no Hoje em Dia, em 2009, foi pioneira na criação do projeto de uma página no portal sobre Patrimônio e História. Paralelamente, fez alguns freelas para a revista Encontro e Viver Brasil.

É editora adjunta da revista Viver Brasil e do jornal Tudo, função que exerce desde 2010. Além disso, também realiza trabalhos de revisão, como freelancer, na Press Comunicação e na rede Salesiano de Educação.

No decorrer de sua carreira, participou de diversas coberturas de temas que causaram comoção pública e pessoal. Dentre elas, cita a cobertura, no Hoje em Dia, do Maníaco do Industrial, em 2010, caso que envolveu Marcos Antunes Trigueiro, acusado de estuprar e assassinar cinco mulheres. Também participou de uma série de matérias sobre pessoas que, por algum motivo, desistiram de viver. Em uma delas, a história de uma mulher acometida de câncer, gerou grande número de cartas manifestando solidariedade enviadas à Redação. Na mesma linha, uma reportagem sua acabou contribuindo para o atendimento de uma criança vítima de câncer ósseo, que teve cancelada uma cirurgia pré-agendada no Sistema Único de Saúde (SUS) porque a paciente não tinha CPF. Após a publicação da matéria, a cirurgia foi finalmente liberada.

Já em O Tempo, foi autora de matéria sobre a reserva indígena dos Xacriabá, localizada na cidade de São João das Missões (MG). Além da convivência e do aprendizado com uma cultura diferente, ela entrevistou José Nunes Oliveira, o primeiro índio a ser eleito prefeito de uma cidade mineira. Recentemente, participou da cobertura do primeiro evento de lutas marciais mistas do Ultimate Fighting Championship (UFC) no Estado, realizado em junho de 2012 no Ginásio Mineirinho, em BH.

A jornalista, que gosta de histórias e do contato com outras pessoas, ainda se divide na produção do blog Então Pensaremos Juntos!, onde aborda assuntos variados sobre Literatura, Música, Filmes e Artes. Também foi coautora do livro-reportagem Por Trás das Urnas (2002), sobre as eleições presidenciais de 2002, que fez parte do projeto de conclusão do curso de Jornalismo.


Atualizado em 28 de agosto de 2012 - Portal dos Jornalistas/MG
Fonte:
Informações fornecidas pela própria jornalista

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)