APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Claudio Carsughi

Claudio Carsughi

Nascido na Itália, veio adolescente para o Brasil e começou a trabalhar muito jovem, cobrindo a Copa do Mundo de 1950. É um veterano dos Esportes, com destaque para o Automobilismo, trabalhou na rádio Jovem Pan por 58 anos. No Brasil e no exterior, como correspondente, teve atuação marcante nos principais jornais, revistas, rádios e televisões.

Claudio Carsughi nasceu em Arezzo (Itália), em 13 de outubro de 1932. Veio com a família para o Brasil aos 18 anos de idade. Atuou como correspondente do jornal italiano Corriere dello Sport, para cobrir a Copa do Mundo de Futebol que acontecia no Brasil em 1950. Ficou no jornal até 1964.
 
A partir de 1958 passou a trabalhar como correspondente da revista Calcio e Ciclismo Illustrato até o fechamento da mesma. Também foi correspondente do jornal italiano Tuttosport  entre 1962 e 1995. Desde 1995 trabalha, como colaborador do jornal italiano La Stampa no caderno de indústria automobilística.
 

Desde que começou suas atividades no Brasil evoluiu com o esporte brasileiro. Em 1950 participou, juntamente a Leone Boccali da cobertura para o jornal “ Corriere dello Sport de Roma da Copa do Mundo. Depois, em 1970, 1974, 1978, 1982 e 1986 viajou para fazer as coberturas desses mundiais como comentarista da Rádio Panamericana de São Paulo.

No início dos anos 1950, trabalhou para a rádio Cultura de Poços de Caldas (MG). Em 1957, foi contratado pela rádio Jovem Pan (SP) para comentar futebol. Por lá ficou por dois anos e em 1960 saiu para trabalhar na rádio Bandeirantes (SP). Em 1963, foi para a rádio Record (SP), na época pertencente ao mesmo grupo empresarial da Jovem Pan. Dois ou três anos depois, quando a Record deixou de cobrir futebol, voltou para a Pan, onde está até hoje.

Em 1958 foi comentarista de Fórmula 1, indústria automobilística e futebol. Foi responsável técnico da Revista Quatro Rodas de 1974 a 1990, quando passou a editor executivo da revista Oficina Mecânica. Fundou a revista Auto&Técnica em 1995. Um ano depois assumiu como comentarista da ESPN Brasil de Fórmula 1 e futebol - 1996/2005.

Em 1965, ano de lançamento do vespertino, foi contratado pelo Jornal da Tarde (SP). Na Editora Abril trabalhou como editor em duas publicações, em 1971 e 1974, Placar (SP) e Quatro Rodas (SP), respectivamente. Na segunda, inclusive, na qual permaneceu até 1990, é considerado até hoje o maior editor que já passou por lá. No mesmo ano, começou a editar a revista Oficina Mecânica (SP).

No setor automobilístico, testou todos os carros produzidos no Brasil desde o início, em 1956 com a Romiseta, para os vários veículos para ao quais trabalhou.

Em 1992 foi convidado pela Ferrari a visitar Maranello, acompanhado por Sergio Valbusa, da Fiat. Na testou na pista de Fiorano uma Testarossa. Essa experiência foi publicada na revista Oficina Mecânica, veículo para o qual trabalhava na época como editor executivo.

No Sport TV- TV Globo comentou desde Fórmula 1, motociclismo e futebol a partir de 2005.

Em maio de 2009, deu entrevista a Alzira Rodrigues para a edição nº 5 de J&Cia – Imprensa Automotiva.

Em 2011, quase 19 anos depois, voltou a Maranello com sua filha para testar outra Ferrari, desta vez a Califórnia, e conhecer os incrementos que foram realizados na fábrica.

É pai da jornalista Claudia Carsughi, autora da biografia Claudio Carsughi – Meus 50 anos de Brasil (Carsughi, 2012).

Em abril de 2015 Cláudio Carsughi deixou a Jovem Pan após 58 anos de casa, ultimamente como comentarista de futebol e automobilismo. O blog que Carsughi mantinha no site da Jovem Pan também foi desativado. O jornalista, porém, inaugurou um novo espaço no UOL, o carsughi.uol, e passou a fazer parte dos canais UOL Carros e UOL Esporte.

Em maio de 2015 Claudio Carsughi lançou o 'L’Auto Preferita' para premiar os principais modelos e marcas do segmento. A iniciativa reunirá 20 jornalistas de diferentes publicações para definir os vencedores em 20 categorias.

No mesmo mês Claudio teve mais um importante reconhecimento por sua carreira e obra. Em evento organizado por Porte Engenharia, Associação Paulista de Imprensa, Confederação Brasileira de Automobilismo e da Associação dos Pilotos de Kart e Moto, recebeu a homenagem por sua dedicação e contribuição prestadas ao mundo do esporte. Profissionais como Reginaldo Leme, Flavio Prado e Luiz Carlos Secco estiveram presentes à cerimônia realizada em São Paulo.

Ainda em agosto de 2015 Carsughi estreou na EBC e passou a fazer parte da equipe de comentaristas do programa No Mundo da Bola, que vai ao ar de 2ª a 6ª.feira, das 20h04 às 21h, pelas rádios Nacional Rio, Nacional de Brasília, Nacional da Amazônia e Nacional do Alto Solimões. Como o programa é gravado no Rio de Janeiro, Claudio já montou um estúdio próprio em casa, de onde participará também das transmissões dos jogos. A estreia foi como comentarista da partida entre Corinthians e Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro, na Rádio Nacional

 

 

Atualizado em dezembro de 2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://carsughi.uol.com.br/sobre/

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/ebc-anuncia-contratacao-claudio-carsughi

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/claudio-carsughi-lanca-premio-l%E2%80%99auto-preferita

http://carsughi.uol.com.br/

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/claudio-carsughi-deixa-jovem-pan-br

http://blogs.jovempan.uol.com.br/carsughi/tag/claudio-carsughi

 

 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)