APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Daniel Galera

Daniel Galera

Escritor e tradutor de literatura contemporânea de língua inglesa, é colunista do Segundo Caderno do jornal O Globo, lançou o romance policial ‘Barba Ensopada de Sangue’, quarto romance do autor, inspirado em lenda catarinense. Com obras premiadas, recebeu em 2008 o prêmio Machado de Assis de Romance, da Fundação Biblioteca Nacional, e, foi terceiro lugar na categoria Romance do prêmio Jabuti, com o título 'Cordilheira'. Foi vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura 2013.

Daniel Galera nasceu em 1979, em São Paulo, SP. Filho de gaúchos, passou a maior parte da vida em Porto Alegre.

Além de escrever prosa de ficção, traduz autores de língua inglesa e publica resenhas, ensaios e reportagens.

Desde 28 de janeiro de 2013 é colunista do jornal O Globo, às segundas, no Segundo Caderno e no Globo.com onde escreve sobre literatura, games, músicas, artistas e outros assuntos da semana.

A trajetória na literatura começou com a participação como um dos criadores da editora Livros do Mal, por onde lançou seu livro de estreia, Dentes guardados (2001), e a primeira edição de Até o dia em que o cão morreu (2003), adaptado para o cinema por Beto Brant e Renato Ciasca como Cão sem dono (2007). A editora foi criada em 2001 junto com Daniel Pellizzari e Guilherme Pilla.

Seu romance Mãos de Cavalo lançado pela Companhia das Letras, em 2006, foi incluído na lista de leituras do vestibular da UFG por três anos consecutivos. Em edições estrangeiras recebeu outros títulos: Portugal (Caminho), Itália (Mondadori), Argentina (Interzona), França (Gallimard)

Em 2008 recebeu o prêmio Machado de Assis de Romance, da Fundação Biblioteca Nacional, e foi terceiro lugar na categoria Romance do prêmio Jabuti, com o título Cordilheira. Foi vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura 2013.

Galera é autor também do álbum em quadrinhos Cachalote (2010), com o desenhista Rafael Coutinho, lançado pela Companhia das Letras, em 2010. co-escrito e ilustrado por Rafael Coutinho. A obra foi lançada também na França com o título Cambourakis.

Seus livros e contos foram adaptados para cinema, teatro e histórias em quadrinhos. No exterior, os direitos de sua obra foram vendidos para países como Inglaterra, Estados Unidos, França, Itália, Argentina, Portugal, Romênia e Holanda.

Daniel Galera foi guitarrista/baixista da banda Blanched. Desta época guardou alguns trabalhos. “Tenho um rascunho de projeto musical chamado Velho Branco, que se resume a musiquinhas gravadas em 2003 com um microfone Genius de dez reais” diz.

 

Foi organizador da edição 46 da revista McSweeney´s, que traz contos policiais inéditos de treze autores latino-americanos.

Entre os vários títulos que traduziu estão O lobo do mar / Sea Wolf, de Jack London, lançado pela Zahar, em 2013; Skagboys de Irvine Welsh lançado em 2014, pela editora Roco, com co-tradução de Daniel Pellizzari e Os mil outonos de Jacob de Zoet a ser lançado pela editora Companhia das Letras, do título original de 2010, The thousand autumns of Jacob de Zoet, de David Mitchell.

 

 

Atualizado em julho/2014 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://oglobo.globo.com/busca/?q=Daniel+Galera

http://www.ranchocarne.org/#sobre

https://store.mcsweeneys.net/products/mcsweeneys-issue-46-47

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)