APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Daniela Falcão

Daniela Falcão

Diretora-Geral da Editora Globo, ficou à frente da revista Vogue Brasil por mais de dez anos. é considerada uma das 500 personalidades mais influentes da Moda Internacional pela BoF.

Daniela Falcão nasceu em Salvador (BA), morou no Rio de Janeiro (RJ) até os 17 anos e, depois, mudou-se para Brasília (DF), onde foi estudar Jornalismo na Universidade de Brasília (UnB). Trazia o jornalismo no DNA. Afinal, seu avô criou o Jornal da Bahia e ela, na infância, escrevia historinhas para os suplementos infantis do matutino.
 
Após a formatura voltou para a Bahia. Em Salvador trabalhou na Tribuna da Bahia (BA) e cobriu férias no jornal A Tarde (BA). Acabou se firmando na editoria de Domingo do A Tarde, em temas de Comportamento. Antes de chegar à editoria de Moda passou por quase todas as áreas do Jornalismo: fez Cidade, Comportamento, Cultura e Política.
 
Da Bahia partiu para São Paulo (SP), onde foi trainee no grupo Folha. Na Folha de S.Paulo começou escrevendo para a editoria de Economia, passou ao caderno Cotidiano e se inscreveu para o programa de bolsas. Conquistou a bolsa de estudos do projeto Jovens Talentos da Folha. Foi para Nova York (EUA) como correspondente e fez curso na Universidade de Columbia. De lá enviava informações gerais.  
 
De volta a São Paulo e à Folha, trabalhou no caderno Cotidiano e, depois, teve a primeira relação com a edição, começando como editora assistente. Passou dois anos no Jornal do Brasil (RJ) atuando eventualmente como subeditora da revista semanal Domingo, onde teve seus primeiros contatos com a Moda. Chegou a editar a revista.  
 
A partir de 2003, trabalhou nas revistas Tpm (SP) e Trip (SP) como editora, antes de se juntar à Vogue Brasil (SP), quando o título ainda era publicado pela Carta Editorial - a partir de novembro de 2010, passou a ser da Edições Globo Condé Nast. Trouxe para a revista um estilo comportamental que agradou as leitoras público-alvo da publicação, na faixa de 25 a 55 anos.
 
Em 2014, foi acompanhada durante sua rotina diária por Sthefany Passos, então editora-chefe da Vogue Brasil, que foi reproduzida em dois vídeos alocados no portal Tag It, intitulados Na Cola. Neles se vê a maratona das duas, que começou com visita a showroom de lojas, e depois a chegada à redação. Mostra-se o seu escritório, com paredes dedicadas a capas de Vogue, cartões de estilistas e o próximo número da revista, guardado a sete chaves.
 
Desde 2013 é considerada uma das 500 personalidades mais influentes da Moda Internacional pela Business of Fashion (BoF), um dos sites mais importantes da indústria da Moda.
 
Após dez anos de Vogue Brasil, a Edições Globo Condé Nast anunciou, em fevereiro de 2016, sua promoção a diretora editorial. Com isso, ela assumiu os quatro títulos da casa: Glamour, GQ, Casa Vogue e Vogue. Em outubro do mesmo ano, o cargo foi extinto e ela foi nomeada para ocupar a Direção-Geral da Editora Globo, respondendo a Frederic Kachar, diretor-geral de Mídia Impressa do Grupo Globo.
 
 
Atualizado em outubro de 2016
 
Fontes:

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)