APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Diego Casagrande

Diego Casagrande

Passou por jornal, rádio, TV e internet. Sonhava em atuar na TV e se identifica com jornalismo opinativo. Atua nas rádio BandNews FM e Band AM, além apresentar o TV Opinião Livre, no canal 20 da NET.

Diego Casagrande se formou em Comunicação Social - Jornalismo, em 1993, pela PUC/RS - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul / Porto Alegre, RS.

Ainda na faculdade, em 1990, iniciou a carreira como auxiliar de copyright no jornal Zero Hora, do grupo RBS de comunicação, onde, após seis meses, foi estagiário-repórter e produtor na Rádio Gaúcha.

Já formado, atuou como repórter na emissora e se destacou na cobertura do caso Dilonei Francisco Melara, em 1994, em Porto Alegre / RS. A matéria, que dava detalhes da fuga de Melara e os parceiros de cela, lhe rendeu a publicação do livro Porto Alegre: 48 horas sob terror, pela Foco Editorial.
 O grande sonho era trabalhar em TV, passou´pelo projeto Caras Novas da RBS, mas foi contratado em 2005 pela TVCOM, em Porto Alegre, RS, para ficar à frente do programa Conversas Cruzadas.
 
Em 1997 foi a Nova Iorque estudar e atuou novamente para a Rádio Gaúcha, desta vez como correspondente estrangeiro.
  Casagrande também integrou as equipes da RBS TV e Canal Rural. Porém, em 2000, traçou novas metas: queria fazer jornalismo opinativo, algo pouco convencional pelos meios de comunicação.Para isso, criou o site Opinião Livre, coluna que tratava de assuntos regionais e que logo virou o programa TV Opinião Livre, exibido semanalmente pelo Canal 20 da NET, em Porto Alegre. 

De 2003 a 2005 trabalhou na Rede Pampa como colunista do jornal O Sul e comentarista de assuntos gerais no programa de TV Pampa Boa Noite.

Desde junho de 2005 é apresentador do programa Band News Porto Alegre 1ª Edição, na Band News FM, além de apresentar todos os dias, na Band AM, o programa Ciranda na Cidade.

 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)