APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Diego Iraheta

Diego Iraheta

Editor-chefe do HuffPost Brasil, antes ocupava a função de editor sênior, é especializado em públicos digitais, redes sociais e cultura participativa. Foi chefe de reportagem do R7 e editor-chefe da BandNews FM, em Brasília. Trabalhou também na Globo e CBN.

Diego Iraheta nasceu em Porto Alegre/RS, no dia 30 maio. É formado em Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) e Mestre com distinção em Mídias Digitais pela University of Sussex, na Inglaterra, onde estudou o impacto do uso das novas tecnologias de informação na sociedade e especializou-se em públicos digitais. Trabalhou nas principais empresas de radiodifusão do País: Globo, Record e Band.

Começou a trajetória em redações em janeiro de 2005, como estagiário do Correio Braziliense. Em seguida, foi aprovado na seleção de estágio da TV Globo, onde passou por Globo News, Jornal Nacional e Bom Dia DF. Em junho de 2006, foi contratado como produtor da emissora.

Ingressou na CBN como trainee em agosto de 2006. Destacou-se na cobertura da crise do sistema aéreo no Brasil e foi promovido a repórter nacional e apresentador de notícias locais.

Em maio de 2007, foi convidado para coordenar o primeiro time da BandNews FM Brasília, rádio que seria inaugurada na capital federal para concorrer com a CBN. Foi editor-chefe e âncora da BandNews FM por dois anos e meio.

O trabalho na rádio rendeu a Iraheta e equipe duas indicações no Prêmio Engenho de Comunicação, o principal para jornalistas de Brasília, em 2008. Venceram na categoria Melhor Programação de Rádio e foram finalistas em Inovação Jornalística.

Antes do mestrado na Inglaterra, iniciado em 2010, passou pelo Ministério da Saúde, onde foi coordenador de rádio e elaborou a programação jornalística da Web Rádio Saúde. Também foi coordenador-assistente de produção da assessoria de imprensa.

Em 2011, Iraheta cobriu os ataques de vândalos em Londres, a morte de Amy Winehouse e os grampos do conglomerado de Rupert Murdoch. De volta ao Brasil, mudou-se para São Paulo e atuou como gerente de mídias digitais e sociais do Brasil 247, primeiro jornal para tablets do País.

Em março de 2012, foi admitido na Rede Record, em São Paulo (SP), como chefe de reportagem do R7.com, terceiro maior portal do País. Durante um ano e nove meses coordenou um time com mais de 60 profissionais de conteúdo e social media em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte.

Diego Iraheta deixou o R7 no fim de novembro de 2013 para embarcar no projeto 2.0 de jornalismo do Brasil Post, parceria entre o Huffington Post, “maior jornal digital do mundo”, e a Editora Abril. Assumiu no início de dezembro, em 2013, como Senior News Editor (editor de Notícias) do Brasil Post. Entusiasmado, falou da nova empreitada: “A equipe está muito animada com o novo veículo, que será lançado em 2014!”

Em janeiro de 2015 foi promovido a editor-chefe do Brasil Post. Sobre mais um desafio no jornal disse ao Portal dos Jornalistas: “estou bem animado com as mudanças na redação que conduzirei ao longo do segundo ano do veículo”. Diego passou a ser responsável por uma guinada editorial e consolidação da marca do veículo como uma "nova forma de fazer jornalismo", com inovação, irreverência e, também, credibilidade.

Ele também é palestrante de jornalismo digital e redes sociais em eventos e instituições como Social Media Week São Paulo, Bienal do Livro de São Paulo, Revista Imprensa e Museu da Imagem e do Som.

Instalada no Brasil desde 2013 (quase dois anos), o jornal digital Brasil Post passou a se chamar HuffPost Brasil a partir de 5/11/2015, igualando-se à nomenclatura adotada pelas demais 14 unidades da marca no mundo. A mudança antecede a implementação de um publicador global para todo o grupo no início de 2016, que, segundo Diego vai integrar ainda mais as unidades e agilizar a produção e a curadoria de conteúdo: “Todas estarão conectadas pelo aplicativo e por e-mail, o que permitirá que se veja online o que cada uma está produzindo”. Ele informa que as alterações em função da mudança de nome serão basicamente nos logos do site e das redes sociais.

 

 

Atualizado em novembro/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://www.linkedin.com/pub/diego-iraheta/2b/4a2/3b3

http://blogmidia8.com/2012/08/aprendendo-a-escrever-no-jornalismo-2-0.html

http://www.r7.com/

 

 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)