APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Edison Veiga

Edison Veiga

É jornalista desde a adolescência. Edita a seção Paulistices de O Estado de S. Paulo, apresenta programa na Estadão ESPN e mantém um blog de cultura geral no portal Estadão.com.br

Edison Veiga nasceu em 30 de agosto de 1984, em Taquarituba (SP). É jornalista formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), de Bauru (SP), em 2005, e máster em jornalismo pelo Centro de Extensão Universitária da Universidade de Navarra (Espanha), em 2007.

Considera-se jornalista – e aprendiz de escritor – desde a adolescência. Em 1998, começou a publicar crônicas e reportagens nos jornais O Momento (SP) e Sudoeste Paulista (SP). No ano seguinte, estava em O Avaré (SP), como repórter, e no Taquari (SP) e Taquary News (SP), como repórter e cronista.

Mudou-se para Bauru (SP) em 2002, para estudar na Unesp, e para São Paulo em 2005, para fazer estágio nas editoras Abril e Alto Astral. Em 2006, foi contratado pela Abril, onde ficou até 2008, primeiramente como repórter e depois como editor da seção Mistérios da Cidade. Nesse ano, foi para o Grupo Estado, onde atua como repórter do caderno Metrópole e editor da seção Paulistices de O Estado de S. Paulo, como colunista da rádio Estadão ESPN e como responsável pelo blog Paulistices, cultura geral e outras curiosidades, no portal Estadão.com.br.

É autor dos livros: Enigma (poesia, Ática, 2000), Essa Tal Proclamação da República (infanto-juvenil, Panda Books, 2009), Mingutas – Correndo da Carranca do Carimbo, Caramba! (romance, Patuá, 2011), O Menino Que Sabia Colecionar (infantil, Panda Books, 2012) e Sem Tropeçar nas Letras – Como e Quando o Livro Vira Notícia (livro-reportagem, inédito). Tem poemas e contos publicados nas antologias Estudantes do Brasil 2000 (Casa do Novo Autor, 2000), Caderno Internacional de Poetrix (MIP, 2001), Perfil 2002 (Oficina, 2001), Realidades Versejadas em Poetrix (MIP, 2002), Antologia Poetrix (MIP, 2002), Mapa Cultural Paulista 2001 – Conto e Poesia (Universitária, 2002), 16º Festival de Poemas de Cerquilho (Prefeitura Municipal de Cerquilho, 2003), La Vuelta al Mundo en un Poema (La Guillotina, 2003), Os Anjos de Prata (Arte Literária, 2003), Contos de Caminhoneiros (Popular, 2008) e 501 Poetrix Para Ler Antes do Amanhecer (Livro, 2011).

Venceu, em 2004, o Prêmio Estadão Jovens Talentos do Jornalismo. Na literatura, ganhou os concursos Francisco Igreja 2001, Poesantos 2001 e duas vezes o Eduardo Ballerini (2000 e 2002).

Gosta de aquários, de mergulhar, fotografar e ser palmeirense. E coleciona livros “à moda antiga – estes de papel”.


Atualizado em outubro de 2012
Fonte:
Informações enviadas pelo jornalista

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)