APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Emerson Tchalian

Emerson Tchalian

Faz trajetória no jornalismo de televisão. É editor regional de jornalismo (Nordeste) na RedeTV/CE, de Fortaleza, já passou pela emissora em São Paulo. Atuou como apresentador e repórter também no SBT e TV Unifesp - Universidade Federal de SP (CNU/TV Gazeta).

Emerson Tchalian nasceu em São Paulo e é bacharel em Comunicação Social pela Universidade São Judas/SP, formação concluída em 1996.

A trajetória inclui na bagagem quase 13 anos na RedeTV!, que teve início em janeiro/2001.

Emerson começou a carreira no SBT em 1995. Trabalhou no Sistema Brasileiro de Televisão/SP como produtor do programa TJ Brasil, apresentado por Bóris Casoy. Ficou na emissora até 1998.

Foi repórter e apresentador da TV Unifesp - Universidade Federal de SP (CNU/TV Gazeta) nos programas: Check-UP e Profissão Saúde, de 1998 a 2001.

Na mesma função de repórter e apresentador esteve na RedeTV SP de 2001 até 2009, na equipe comandada por Juca Kfouri e Jorge Kajuru.

Em 2007 deixou o esporte e foi para o Jornalismo do dia a dia, de cidades, de notícias com alcance internacional.

Quando deixou SP e assumiu como editor regional de jornalismo em Fortaleza. Na emissora em Fortaleza/CE a partir de 2009 e até o momento e assumiu também como gerente geral da praça. Continuou como repórter, faz reportagens para a rede.

A trajetória no jornalismo permitiu a Emerson Tchalian ser protagonista de importantes coberturas. Participou da cobertura de duas grandes tragédias do ano de 1996: os acidentes aéreos com o Fokker 100 da TAM, que vitimou 99 pessoas nas proximidades do Aeroporto de Congonhas/SP. E a morte dos integrantes dos Mamonas Assassinas, na Serra da Cantareira/SP.

Realizou o documentário Pauini a cidade esquecida, vivendo uma inesquecível experiência na cidade da selva amazônica, acompanhando médicos oftalmologistas da Escola Paulista de Medicina.

Foi o único repórter da televisão brasileira a acompanhar a delegação do Brasil nos Jogos Paralímpicos do México, na Cidade do México, em 1999. Na época, as grandes emissoras não davam espaço para o esporte paralímpico. Pelo bom desempenho do Brasil, o material gravado com exclusividade nos jogos foi utilizado por emissoras como Band, RedeTV, SBT, Globo.

Durante meses acompanhou os desdobramentos de um dos casos mais emblemáticos do País, a morte da menina Isabela Nardoni, jogada do 6o. andar de um prédio na zona norte de SP. Cobertura desenvolvida para RedeTV SP em 2008.

No mesmo ano estava nas chuvas de Santa Catarina também pela RedeTV. A região sul viveu uma das maiores tragédias naturais, com a cheia do rio Itajaí e os deslizamentos de terra. Cobertura especial dos estragos e das tristes histórias.

Em junho de 2013, durante a Copa das Confederações, os protestos tomaram conta do País. Foi um mês de intensa cobertura jornalística, uma nova realidade. A voz das ruas também ecoou com indignação sobre os arranjos milionários para copa do mundo. Lá esteve Emerson pela RedeTV CE, uma vez que a Arena Castelão, em Fortaleza, sediará também seis partidas na Copa do Mundo de 2014.

 

 

 

 

Atualizado em outubro/2013 – Portal dos Jornalismo

Fontes:

http://br.linkedin.com/pub/emerson-tchalian/36/b2a/b11

etchalian@redetv.com.br

www.redetv.com.br

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)