APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Ernesto Rodrigues

Ernesto Rodrigues

Fez uma longa trajetória em televisão, depois de 14 anos de TV Globo foi para TV Cultura onde se tornou ombudsman, passou pelas revistas IstoÉ em São Paulo e revista Veja no Rio. Foi repórter e editor do O Globo e Jornal do Brasil.

Ernesto Rodrigues formou-se em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica, PUC de Belo Horizonte, em 1977. Começou sua carreira em 1980, como repórter do jornal O Globo. Foi um dos três repórteres que acompanharam a primeira expedição brasileira a Antártida, em fevereiro de 1983.

Em 1986, começou a trabalhar no jornalismo da TV Globo, iniciando uma carreira na emissora de 14 anos, onde foi editor do Jornal da Globo e do programa Globo Repórter, chefe de redação da emissora em São Paulo, chefe da sucursal da Globo em Londres, diretor-executivo do Fantástico e editor-executivo do Jornal Nacional. e chefe de redação.

Dirigiu os principais programas da TV Globo sobre Ayrton Senna. Também dirigiu o primeiro programa da tv brasileira - um Globo Repórter - sobre os mortos e desaparecidos durante a ditadura.

Trabalhou como repórter do jornal O Globo nas editorias de Política e Cidade. Chefiou as editorias de Cidade e de Esportes do Jornal do Brasil, em 1992, e na sucursal de Brasília do JB cobriu a Presidência da República e o Congresso Nacional. Participou, como editor-executivo, da cobertura da Copa do Mundo de 1994, do processo de impeachment do presidente Collor.

Publicou pela editora Objetiva, em 2004, Ayrton, o herói revelado, uma biografia do piloto Ayrton Senna. Fruto de um minucioso trabalho de pesquisa, para escrever o livro, Ernesto realizou mais de 200 entrevistas. Recuperou na abordagem a trajetória do homem que se herói brasileiro das pistas de corridas e que morreu cedo demais.

Foi editor-assistente da revista IstoÉ em São Paulo e editor-assistente da sucursal da revista Veja no Rio.

Dirigiu o primeiro programa da TV brasileira – um Globo Repórter – sobre os mortos e desaparecidos durante a ditadura.

Ernesto Rodrigues também participou como editor do especial sobre a vida num país em guerra, a Colômbia, que teve a direção do jornalista Ricardo Soares e a participação de Aldo Quiroga como videorrepórter.

Assumiu em 2008 como ombudsman da TV Cultura, mandato que terminou em meados de 2010.

Ernesto Rodrigues é professor de Telejornalismo e de Técnicas de Redação em Jornalismo Impresso da Pontifícia Universidade Católica, PUC-Rio.

 

 

Atualizado em abril/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

www.objetiva.com.br/site2011/autor_ficha.php?id...

http://noticias.r7.com/blogs/daniel-castro/tv-cultura-apaga-criticas-de-ombudsman-em-site-oficial/2010/08/05/

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/a_pratica_a_critica_e_os_desafios

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)