APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Fabio Diamante

Fabio Diamante

Repórter de telejornais do SBT São Paulo desde 2005 e blogueiro. Tem passagens pela TV Bandeirantes e mídia impressa. É coautor do livro 'Reportagem Na TV ...' dirigido aos profissionais da área. Foi finalista do Prêmio Esso 2008, 2012 e 2013; ganhou o Embratel 2008 e o Embratel Sócio-Ambiental de 2009. No blog 'Paciência e Perseverança' descreve os bastidores e suas experiências jornalísticas.

Fabio Diamante nasceu em 22 de maio na cidade de Hendersonville, no Tennessee (TN), nos EUA.

É bacharel em Jornalismo pelas Faculdades Integradas Alcântara Machado (FIAM) de São Paulo (SP) desde 1995; alguns anos depois cursou pós-graduação em Jornalismo Internacional na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) mas não concluiu. Em 2003 ingressou na turma de Direito do Terceiro Setor da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) onde recebeu o diploma no ano seguinte.

Antes de concluir o curso de graduação em Jornalismo na FIAM-SP já atuava como repórter de Geral no jornal Diário de São Paulo, na capital paulista, onde permaneceu no impresso até o ano de 2000.

Em seguida, ingressou na redação de O Estado de São Paulo na qual atuou mais uma temporada como repórter - quatro anos - na cobertura de temas de várias editorias.

No início de 2004 estreou como repórter de TV no Grupo Bandeirantes de Comunicação, em São Paulo (SP), por meio do qual, no ano seguinte, chegou a ser finalista do Prêmio Esso de Jornalismo, na categoria Telejornalismo.

Em julho de 2005 trocou a Band pelo SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), em São Paulo, onde permanece na reportagem. Na emissora cobre, como diz, ‘de tudo’, com destaque para reportagens de denúncia, polícia, política, economia, comportamento e internacional, além de assinar entrevistas e matérias para o programa jornalístico SBT Repórter, que tem como foco discutir temas diversos e de interesse coletivo.

No início da transição do impresso para o telejornalismo, chegou a ter dificuldade como disse uma entrevista ao site SBTPedia: “Vou confessar que nos primeiros dias me arrependi diversas vezes. Foi um recomeço, mas acho que valeu. A linguagem da televisão é mais direta e temos a oportunidade de alcançar um número muito maior de pessoas que no jornal impresso. Por outro lado, uma informação importante na televisão pode não valer muita coisa se não tivermos uma imagem. Essa é uma máxima da tevê que ainda me incomoda”.

Em 2008, ganhou o Prêmio Imprensa Embratel de Jornalismo Investigativo, Troféu Tim Lopes, com a matéria Pirataria: Made in Brazil; nesse mesmo ano também figurou entre os finalistas do Prêmio Esso de Telejornalismo e do Prêmio Allianz de Jornalismo.

No ano seguinte, lançou o blog Paciência e Perseverança onde descreve os bastidores de suas reportagens, suas experiências jornalísticas, e tece comentários sobre sociedade e temas gerais. Nesse período também foi finalista do Prêmio Imprensa Embratel, na categoria Sócio-Ambiental.

Nos últimos anos, Diamante produziu com maior frequência matérias investigativas, o que lhe rendeu o rótulo de repórter investigativo que rejeita: “repórter é repórter e ponto”.

Como repórter do SBT, o jornalista também já percorreu alguns países trazendo matérias especiais. No início de 2010, viajou juntamente com o repórter cinematográfico Ronaldo Dias para o Sudão, sendo a primeira equipe de TV da América Latina a conseguir entrar naquele país controlado por um governo ditatorial; dali enviou várias reportagens de denúncias e relatou. “Lá eles matam centenas de pessoas num piscar de olhos e sem a menor cerimônia. E continuam fazendo isso atualmente com a separação do sul e do norte. O sofrimento e a falta de futuro do povo sudanês são assustadores. Tivemos muita dificuldade durante o trabalho. O governo fez de tudo pra nos amarrar e impedir que enxergássemos a verdade”.

Em julho de 2011 atuou direto do Japão na cobertura completa do terremoto e tsunami que devastaram o país, ao lado do repórter cinematográfico Ronaldo Dias. Nesse mesmo ano publicou como coautor o livro Reportagem Na TV - Como Fazer, Como Produzir, Como Editar pela Editora Contexto (SP) no segmento de comunicação e TV; a obra trata de assuntos do universo jornalístico e revela os bastidores de algumas importantes e premiadas reportagens especiais, e é dirigido para profissionais da área ou para quem se interessa em conhecer o tema..

Em novembro de 2012 veio mais uma vez a ser finalista do Prêmio Esso de Jornalismo, juntamente com uma grande equipe do SBT. E novamente Fabio Diamante foi finalista do Esso em outubro de 2013 com a equipe: Ronaldo Dias, Cristian Robert Mendes, Fábio Serapião, Edvaldo Carvalho e Carla Deboni. A reportagem classificada teve com título Ponto Médicos.

 

 

 

 

Atualizado em outubro/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

https://www.facebook.com/fabio.diamante.5?fref=ts

http://www.linkedin.com/pub/fabio-diamante/a/a19/4/pt

https://twitter.com/fabiodiamante

http://fabiodiamante.wordpress.com/page/2/

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticias-conteudo.aspx?id=995

http://www.sbtpedia.com.br/2011/07/entrevista-sbtpedia-fabio-diamante.html

http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/?c=4084&t=Reporter+Fabio+Diamante+tem+informacoes+direto+do+Japao

https://www.youtube.com/watch?v=KiYOkzlDDwY

http://www.viomundo.com.br/denuncias/fabio-diamante-medicos-vao-ao-trabalho-batem-o-ponto-e-somem.html

http://www.editoracontexto.com.br/reportagem-na-tv.html

http://www.cotacota.com.br/reportagem-na-tv-alexandre-carvalho-fabio-diamante-editora-contexto-isbn-9788572444576_1228_256744_oferta.html

http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/34659/Apos-reportagens-do-SBT-dez-medicos-sao-afastados-.html#.UmlHF_1TuLY

 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)