APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Francisco José

Francisco José

Repórter especial da TV Globo no Nordeste já participou de diversas coberturas internacionais. Fez mais de 2 mil reportagens em cinco continentes. Homenageado, é Cidadão Pernambucano e Cidadão Piauense, recebeu medalhas e diplomas no Crato, e tomou posse da cadeira 17 Instituto Cultural do Cariri. Foi eleito em 1º lugar para o Top 10, Regional Nordeste, da edição 2015 do Prêmio Os +Admirados Jornalistas Brasileiros.

Francisco José de Brito nasceu em 1º de maio de 1944, na cidade do Crato (CE). Formou-se em Direito na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap/PE) e especializou-se em Marketing na Fundação Getúlio Vargas e na University of Michigan (EUA).
 
Logo cedo, aos 22 anos, Francisco José se mudou para Pernambuco, onde iniciou sua carreira como repórter de Esportes no jornal Diário da Noite (PE) e logo passou para o Jornal do Commercio (PE), em 1966.
 
Repórter especial da TV Globo, foi pautado, no início da década de 1970, para fazer o seu primeiro trabalho fora do país: guerrilheiros do M-19 invadiram a Embaixada da República Dominicana em Bogotá, na Colômbia, e prenderam 12 embaixadores, inclusive o do Brasil.
 
Já participou da cobertura de seis Copas do Mundo de Futebol e de duas Olimpíadas. Atuou como enviado especial da Rede Globo na Guerra das Malvinas, conflito que envolveu a Argentina e a Inglaterra, e teve participação direta em várias matérias especiais realizadas na Europa, em diversos países das Américas, na África, Austrália, Indonésia, Micronésia, Japão, Coréia, Tailândia e os Pólos Norte e Sul.
 
Aos 53 anos, subiu ao  ponto culminante do Brasil, o Pico da Neblina. Outros repórteres haviam tentado, mas nenhum ainda havia conseguido chegar ao topo.
 
Destacou-se também no Projeto Pernambucanidade, que envolve quatro comunidades educacionais da capital e do interior do Estado, por ter sido considerado um pernambucano de coração. 
 
Dos 40 anos da Globo Nordeste, completados em abril de 2012, esteve presente em 36. Chegou a temer ser o "mensageiro da miséria do Nordeste a vida toda". Logo, porém, conseguiu redirecionar o foco e mostrar também as belezas da região.
 
Desde 2006, Francisco José apresenta o programa Nordeste, viver e preservar ao lado de Beatriz Castro e continua sua trajetória de repórter especial, cobrindo temas relacionados à cultura, meio ambiente e lazer.
 
Recebeu várias homenagens. Em 2004 foi agraciado com o título de Cidadão de Pernambuco, por ter sido considerado um pernambucano de coração. Em 2012 recebeu o título de Cidadão Piauiense.
 
Em 7 de janeiro de 2013 recebeu comenda, medalha e diploma pelo conjunto de sua carreira numa homenagem feita pela Prefeitura do Crato, Câmara de Vereadores, Universidade Regional do Cariri e Instituto Cultural do Cariri, no qual também tomou posse da cadeira 17.
 
Está em 1º lugar entre os eleitos para o Top 10 (Regional Nordeste) da edição 2015 do Prêmio Os +Admirados Jornalistas Brasileiros. Realizada por Jornalistas&Cia em parceria com a Maxpress. A votação é feita dois turnos, abrange um colégio eleitoral integrado por 48 mil profissionais, sendo cerca de 3 mil da área de comunicação corporativa e 45 mil jornalistas de redações.  Nesta segunda edição da premiação foram recebidas cerca de 8 mil indicações, abrangendo quase 3 mil nomes de jornalistas. Passaram para a final 347 jornalistas da etapa Nacional.
 
É casado com Beatriz Castro, também jornalista, com quem tem uma filha. De outros casamentos, tem mais três filhos, duas do primeiro casamento com a repórter Magda Wacember. Dos filhos, dois são jornalistas e uma é advogada.
 
 
Atualizado em Janeiro/2016 – Portal dos Jornalistas
 
Fontes:
Jornalistas&Cia – Edição 1028

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)