APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Geiza Duarte

Geiza Duarte

Repórter da TV Globo em Brasília, suas coberturas estão no jornal Bom Dia Brasil e, de acordo com o assunto, nos demais jornais da casa. No início em Brasília passou pela TV Bandeirantes, trabalhou para a TV Nacional. Antes da Globo foi repórter na GloboNews.

Geiza Duarte é mineira de Juiz de Fora, nascida em 28 de março de 1973. Formou-se em comunicação social pela Universidade Federal de Juiz de Fora, em dezembro de 1994.

Começou a carreira na década de 1990 como repórter esportiva no jornal Diário Regional. Em seguida, atuou na editoria de cidades na Rádio Solar AM e trabalhou no jornal Tribuna de Minas. Em maio de 1996 foi para Brasília. Na capital federal passou a fazer parte da produção local da TV Bandeirantes.

No mesmo ano foi contratada como repórter do DFTV, telejornal local do Distrito Federal da Globo. Após ficar cerca de um ano e três meses na TV Globo, Geisa foi para a TV Nacional. Cobriu a gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso, as viagens no avião presidencial. Viajou para o Paraguai, Uruguai, Chile, Venezuela, Argentina. Ainda estava na emissora quando a TV Nacional criou uma TV a cabo, a NBR, período em que a repórter passou a fazer as coberturas com muitas entradas ao vivo.

Geiza Duarte entrou para a GloboNews em 2000, como produtora na área de economia, cobrindo férias. Era uma época de inflação alta, aumento da gasolina e o endereço para todos os assuntos estavam no Ministério da Fazenda.

Desde 2002, a repórter cobre os resultados das apurações dos votos das eleições presidenciais no Tribunal Superior Eleitoral, o TSE. Nesse período Geiza cobriu a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva

A primeira matéria de Geiza Duarte para o Jornal Nacional foi em 2005, um “furo” sobre a falência da Viação Aérea São Paulo, a VASP diretamente da sede da Infraero.

A repórter também acompanhou o início de um dos maiores escândalos da história política do Brasil: o Mensalão. E em setembro de 2013 estava na cobertura da sessão histórica, diretamente do Supremo Tribunal Federal quando os ministros decidiram que 12 dos 25 condenados no processo do mensalão teriam direito a passar por um novo julgamento e poderiam ter as penas reduzidas. Decisão gerou protesto em frente ao Tribunal.

Trabalhou na cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2007, que aconteceram no Rio de Janeiro, para a GloboNews.

Também em 2007 Geisa cobriu outro assunto que ocupou as manchetes da imprensa: a cobertura do escândalo de corrupção envolvendo o senador Renan Calheiros. Ele era acusado de receber ajuda financeira de lobistas ligados a construtoras, que teriam custeado suas despesas pessoais. Em novembro do mesmo ano o senador renunciou à Presidência do Senado.

Em seguida, Geiza deixou a GloboNews para trabalhar na TV Globo Brasília, no Bom Dia Brasil. No noticiário nacional da manhã uma de suas primeiras grandes coberturas foi o acidente com o voo 1907 da Gol. O avião se chocou no ar com um jato Legacy e caiu em região de mata fechada no sul do Pará e deixou 154 mortos. 

Cobriu a violação do sigilo do painel eletrônico do Senado Federal. A crise culminou com as renúncias de Antonio Carlos Magalhães e José Roberto Arruda, na época líder do governo no Senado.

Em 2011, por ocasião da visita do presidente norte-americano Barack Obama ao Brasil cobriu a agenda da primeira-dama Michelle Obama e das filhas.

Quando as manifestações do Movimento Passe Livre aconteceram em Brasília, em junho de 2013, a jornalista acompanhou os acontecimentos nas ruas e afirma que aconteceram mudanças para a cobertura de protestos.

No encerramento de 2014 Geisa Duarte cobriu ao vivo os eventos da virada do ano.

 

 

Atualizado em Janeiro/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://www.jfms.jus.br/intranet/news.html?id=11652

(Depoimento concedido ao Memória Globo por Geiza Duarte em 20/05/2014)

http://memoriaglobo.globo.com/perfis/talentos/geiza-duarte/geiza-duarte-trajetoria.htm

 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)