APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Guilherme Fiuza

Guilherme Fiuza

Jornalista e escritor, assina coluna e blog na revista Época. Lançou sete livros entre eles, em 2014, 'Não é A Mamãe: Para Entender A Era Dilma', reunião de crônicas suas publicadas na Revista Época e no jornal O Globo, entre 2010 e 2014, sobre a gestão de Dilma Rousseff.

Guilherme Fiuza nasceu em 1965, no Rio de Janeiro. É jornalista desde 1987, escritor e ator. Iniciou a carreira em 1987, no Jornal do Brasil. Entre outras redações, trabalhou também em O Globo, no qual segue como articulista.

Já trabalhou em diversos jornais, portais de internet e também como assessor político. Foi colunista no extinto portal No mínimo.

É colunista da revista Época e publica, quinzenalmente, artigos sobre a Política Nacional. No site da revista, assina o blog Política e tudo mais, que contém informações e opinião principalmente sobre Política.

Na carreira literária, ficou conhecido pela edição do livro Meu Nome Não É Johnny – A viagem real de um filho da burguesia à elite (Record, 2004), que conta a história real de João Guilherme Estrella, jovem de classe média alta do Rio de Janeiro que se envolveu com o tráfico de drogas nos anos 1990. O livro ganhou adaptação para o cinema, em obra dirigida por Mauro Lima, em 2008.

Com Mauro Lima, diretor do filme, e Mariza Leão, produtora, Guilherme Fiuza levou em 2009 o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro na categoria Melhor Roteiro Adaptado.

Também escreveu os livros 3.000 Dias no Bunker – Um plano na cabeça e um país na mão (Record, 2006), livro que conta os bastidores do Plano Real, na batalha que deteve a inflação no Brasil; Amazônia 20° Andar – De Ipanema ao Topo do Mundo (Record, 2008); Encontros – Fernando Gabeira (Azougue, 2009), e Bussunda – A Vida do Casseta (Objetiva, 2010), obra biográfica do humorista do Casseta & Planeta lançada em 2010, quatro anos após sua morte na Copa da Alemanha.

É coautor da minissérie O brado retumbante, escrita com Euclydes Marinho, Denise Bandeira e Nelson Motta e exibida na TV Globo em janeiro de 2012 (direção de núcleo Ricardo Waddington). Em 2013, a minissérie foi indicada ao prêmio Emmy Internacional, na categoria Melhor Série Dramática.

Escreveu também Giane — Vida, arte e luta, a história do ator Reynaldo Gianecchini. Em maio de 2013, Giane foi lançado em Portugal e alcançou o primeiro lugar nas listas de mais vendidos do país.

Em 2014, lançou o livro Não é A Mamãe: Para Entender A Era Dilma, reunião de crônicas suas publicadas na Revista Época e no jornal O Globo, entre 2010 e 2014, sobre a gestão de Dilma Rousseff.

 

Atualizado em setembro/2014 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/guilherme-fiuza/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Guilherme_Fiuza

 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)