APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Israel Tabak

Israel Tabak

Durante 38 anos trabalhou no Jornal do Brasil, repórter especial e editor das áreas de Cidade, Saúde, Ciência e Ecologia, passou ainda pela rede Manchete.

Israel Tabak nasceu em quatro de dezembro de 1943, no Rio de Janeiro é formado em Jornalismo pela UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro, que ele explica que “antigamente se chamava curso de jornalismo na Faculdade Nacional de Filosofia, da Universidade do Brasil”. Formou-se em 1965. Também se formou em Direito pela Uerj, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, universidade que também tinha outro nome, “ chamava-se UEG, Universidade do Estado da Guanabara” diz. Concluído em 1967.

Começou como estagiário no Correio da Manhã em 1964. Trabalhou em revistas comunitárias em 1965.

Em 1966 ingressou no Jornal do Brasil, onde ficou 38 anos e fez uma grande trajetória. Foi repórter especial e editor das áreas de Cidade, Saúde, Ciência e Ecologia. Em 1997 passou a exercer o cargo de diretor de redação do departamento de Jornalismo da Rede Manchete.

Retornou ao JB em 2000, como editor nacional e posteriormente passou editor de política.

Escreveu roteiros de documentários para TV, onde também atuou como comentarista e apresentador de programa de entrevistas.

Ganhou prêmios de reportagem, pela cobertura do caso Riocentro, em 1981,com equipe. Recebeu ainda o prêmio Castelo Branco promovido pelo Jornal do Brasil para escolher a melhor reportagem do ano, foi premiado em 1996 por uma série de mais de 30 reportagens investigativas sobre fraudes na saúde.

Israel Tabak concedeu uma entrevista ao Centro de Cultura e Memória do Jornalismo contando em detalhes a evolução de sua carreira e reescreve, ao mesmo tempo, o histórico da atuação do jornalista no período da ditadura brasileira, além da história do Jornal do Brasil. O link de acesso está disponível abaixo.

Israel é professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio e foi repórter especial de política do Jornal do Brasil até o fechamento da versão impressa do veículo em 31 de agosto de 2010. Ele trabalhou no JB por 38 anos.

 

 

Atualizado em abril/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

Centro de Cultura e

Memória do Jornalismo: http://ccmj.org.br/sites/default/files/pdf/5/Arquivo%20para%20download_31.pdf

 

 

No JB participou da criação da editoria

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)