APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Ivan Carneiro Gomes

Ivan Carneiro Gomes

Consultor empresarial sobre assuntos de Comunicação Social, passou pelas redações do Zero Hora e Diário Catarinense, além das sucursais do Jornal do Brasil e da Agência Estado. Concluiu em setembro de 2015 o livro ‘Nova Zelândia: um país que deu certo’’, e aguarda definição de editora para publicação.

Ivan Carneiro Gomes nasceu em 8 de janeiro de 1949, em Guaíba (RS). Formou-se em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), de Porto Alegre, em 1972. Especializou-se em Programação Neurolinguística, Escola Livre PNL/ Porto Alegre/RS, que é filiada à Universidade da PNL da Califórnia. Também se especializou em Visão Sistêmica e Cultura da Paz pela seccional gaúcha da Universidade de Brasília (UnB/DF), em 1998.
 
Começou a carreira em abril de 1971, como estagiário na sucursal de O Globo (RJ) na capital gaúcha. Em março de 1973, foi contratado pelo Zero Hora (RS), como repórter, para atuar na editoria de Economia. Ficou no jornal até setembro de 1974. Paralelamente, entre março e agosto de 1974, trabalhou como repórter na TV Gaúcha, também do Grupo RBS.
 
Foi repórter especial das revistas Exame (SP) e Veja (SP) de abril de 1975 a maio de 1977, cobrindo a área de Economia, em Porto Alegre. Ocupou posto semelhante na sucursal do Jornal do Brasil, onde ficou de fevereiro de 1979 a fevereiro de 1980. Paralelamente, escreveu para os jornais Diário Catarinense (SC) e Zero Hora, entre julho a outubro de 1986. Trabalhou como executivo para o Grupo O Estado de S.Paulo, entre maio de 1989 e maio de 1990.
 
Foi, entre outubro de 2003 a novembro de 2010, assessor de imprensa para os seminários econômicos realizados pela Fundação CEEE de Seguridade Social. Editou o informativo trimestral Alasul News, da Associação dos Laboratórios Fotográficos do Sul, de abril de 2004 a outubro de 2011, prestando também assessoria de imprensa à entidade durante suas convenções e feiras anuais de fotografia.
 
Desde novembro de 2006, é consultor de comunicação e gestor de conteúdo do site Eventpool, da Associação Nacional de Agências de Turismo e Operadoras de Eventos, que reúne agências associadas em 19 estados do País. Prestou, também, serviços para as empresas Parks Digitel, Softsul e Seguradora Bamerindus.
 
Na área educacional, criou a Rede de Educadores para uma Cultura de Paz e a Teia da Paz, com apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação (Unesco). Desenvolveu o projeto de inclusão sustentável que representou o Rio Grande do Sul na Exposição Universal de Hannover 2000.
 
No terceiro setor, projetou o primeiro Telecentro de Inclusão Digital de Porto Alegre, conquistando, com isso, o título oficial de Amigo da Cidade, conferido pela Prefeitura Municipal. Criou e implantou o projeto Parque Chico Mendes na Paz, em comunidade da zona norte da cidade. E lançou o projeto Alerta Verde, em parceria com Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul, em evento que contou com a presença de Vittorio Canutto, cientista da Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço (Nasa/EUA), pioneiro em advertir sobre o desequilíbrio climático no Cone-Sul.
 
Viajou por 26 países de cinco continentes, tendo fixado residência em Madri e Londres. Publicou o livro Passagem pela Índia (Artes e Ofício, 2005) e traduziu o título Uma Escola do Novo Milênio (Peirópolis, 1999), do professor uruguaio Fernando Mirza. Recebeu o Prêmio Sucesu de Jornalismo 1995.
 
Em setembro de 2015 concluiu o livro Nova Zelândia: um país que deu certo, que aguarda publicação.
 
 
Atualizado em setembro/2015 - Portal dos Jornalistas 
Fontes:
Informações fornecidas pelo jornalista.
 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)