APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

João Wady Cury

João Wady Cury

Jornalista, artista e escritor, é um dos criadores da empresa de estratégia digital Punch Interativa. Depois de anos afastado da Imprensa escrita, voltou a escrever sobre Artes, primeiro na Folha de S.Paulo e, depois, em O Estado de S.Paulo, onde também comanda o blog ArCênico.

João Wady Cury nasceu em São Paulo, em um dia 28 de dezembro. É jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, de São Paulo (SP), em 1985. Fez mestrado em Jornalismo na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), em 2002.
 
Iniciou a carreira em 1984, trabalhando como repórter no jornal Folha de S.Paulo (SP). Paralelamente, iniciou carreira no Teatro em 1986, como assistente de direção de Augusto Francisco no espetáculo Máscaras, do escritor japonês Ryûnosuke Akutagawa (1892–1927). Em 1988, trocou a Folha pela revista Veja São Paulo, atuando ainda como repórter. Foi para a sucursal paulista de O Globo (RJ) em 1991, onde foi repórter e, depois, editor do Caderno 2. Ainda em 1991, foi ator no curta-metragem Aventura, Amor e Transporte Público, dirigido por Bruno de André.
 
Em 1995, foi editor da revista Viagem e Turismo (SP), ocupando a mesma função em Quatro Rodas (SP), a partir de 1997. Em julho de 1999, passou para as mídias digitais, atuando como gestor de conteúdos no portal Submarino. Em março do ano 2000 começou como diretor de conteúdo na Cidade Internet, onde permaneceu por pouco mais de um ano.
 
Foi contratado para editar o portal NO Notícia e Opinião em 2001. Em fevereiro de 2003, passou a ser diretor de conteúdo da Aol Brasil. Foi um dos criadores, em janeiro de 2005, da Punch Interativa (SP), empresa de estratégia digital, onde atua como diretor executivo e escritor. Coordenou e participou de quatro campanhas políticas para cargos executivos e colaborou na criação, concepção e reeestruturação de importantes portais e sites.
 
Lançou o livro infantil Ziiim (LeYa Brasil, 2012), com ilustrações de Ilka Mourão, e a biografia Enquanto Eles Choram, Eu Vendo Lenços (Agir, 2014), sobre o publicitário e empresário baiano Nizan Guanaes.
 
Em 2016, tornou-se colaborador da Folha de S.Paulo, escrevendo sobre Teatro para o caderno Ilustrada. Em janeiro de 2017, passou a assinar a coluna ArCênico e o blog homônimo sobre o mundo das Artes no Caderno 2 de O Estado de S.Paulo e no portal Estadão, às sextas-feiras.
 
 
Atualizado em fevereiro de 2017
 
Fontes:

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)