APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Joaquim de Carvalho

Joaquim de Carvalho

Passou pelo Estadão, O Globo e Veja. Foi diretor de Jornalismo do Jornal da Band; repórter da TV Globo e do Jornal da Record. Ganhou vários prêmios, e escreveu o livro Basta! Sensacionalismo e Farsa na Cobertura Jornalística do Assassinato de PC Farias, finalista do Jabuti, em 2005.

Joaquim de Carvalho é formado em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, em 1986. Começou a carreira em 1982, aos 18 anos, no Diário de Sorocaba (SP), onde exerceu as funções de repórter e editor.

Ainda em Sorocaba, trabalhou como repórter e chefe de reportagem, no jornal Cruzeiro do Sul (SP). Foi repórter e editor-assistente d'O Estado de S. Paulo (SP); repórter especial de O Globo (RJ); repórter e subeditor da revista Veja (SP); diretor de jornalismo, em São Paulo, do Jornal da Band (equipe de Paulo Henrique Amorim), na TV Bandeirantes (SP);  e repórter de rede da TV Globo (SP). No STB (SP), integrou a equipe de reportagem do Jornal da Record (equipe de Boris Casoy).

Atualmente, presta consultoria na área de Comunicação, ministra palestras e é diretor da Rede Expresso de Jornais, a primeira no Brasil formatada para restaurantes, cafeterias e padarias. É autor do Blog do Morumbi, que relata, entre outros assuntos, problemas do bairro paulista.

Ganhou os prêmios: Esso (em equipe, 1992); Vladimir Herzog (menção honrosa, 1996); Revista Imprensa/Caixa Econômica (Jornalismo Social, 1997); e Abril (um por reportagem na área de Educação, e outro, na área Política, ambos em 1998); além de ser finalista dos prêmios OK, da Confederação Nacional dos Transportes e do Sebrae.

Escreveu o livro Basta! Sensacionalismo e Farsa na Cobertura Jornalística do Assassinato de PC Farias (A Girafa, 2005), que foi finalista do Prêmio Jabuti 2005, na categoria Biografia e Reportagem.


Atualizado pelo Portal dos Jornalista em Setembro/2011
Fonte:
eMail enviado pelo jornalista,

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)