APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Jolivaldo Freitas

Jolivaldo Freitas

Jornalista que já atuou com destaque nos campos da publicidade e literatura, já trabalhou com formação para jornalistas em Angola e na modernização estética e de conteúdo do Jornal de Angola. Hoje, é diretor de jornalismo do portal Notícia Capital e editor do site Tribuna Empresarias. Escritor literário, também assina contos para diversos sites e jornais e uma coluna de crônica da Tribuna da Bahia, há 30 anos.

J

olivaldo Freitas começou a carreira aos 17 anos, quando despertou para o jornalismo através da leitura do jornal O Pasquim, no ano de 1971. Ainda no bairro onde morava na capital baiana, Boa Viagem/Mont Serrat, fazia textos e ilustração para o jornal mimeografado “O Pegâncio”, que chegou a colocar em circulação dois exemplares. Seguiu para estagiar no Jornal da Cidade, tablóide semanário que não mais existe e que ficava no bairro da Gamboa de Cima. Foi quando ele tomou a decisão de pedir emprego no Diário de Notícia, onde chegou a trabalhar por alguns dias,  saindo por não possuir o diploma de jornalismo.

 

Mesmo assim, conseguiu um emprego no jornal A Tarde, onde aturou como repórter policial, depois repórter C e, tempo depois, assistente da direção redacional. Em 1976, foi contratado como repórter especial pela Tribuna da Bahia, levado pelo escritor João Ubaldo Ribeiro. Ao mesmo tempo, fazia free lancer para a revista Veja e para o Jornal do Brasil. Até quando, em 1978, foi contratado para fazer parte da equipe que criou, desenhou e lançou o jornal Correio da Bahia, onde chegou a responder como Chefe de Redação por um ano.

 

Jolivaldo voltou ao jornal A Tarde no ano seguinte, mas estava com dúvidas do destino que gostaria de dar para sua vida e deixou o jornalismo para se dedicar à Publicidade. No setor, foi diretor de Criação da Scala de Fortaleza, diretor de Criação da Norton Publicidade, trabalhou para a DPZ – SP –, Uauá Publicidade, Publivendas (hoje Moria), Fregapane Comunicação – Recife, e, por fim, como freelancer da Propeg, considerada, na época, a maior agência de publicidade da Bahia.

 

Em 1986, voltou ao jornalismo para ser repórter de política da Tribuna da Bahia, e acumulando a responsabilidade da criação e do lançamento do Jornal da Barra e da Revista da Barra. No mesmo ano passou a responder pela chefia de Reportagem da Tribuna da Bahia. Depois, foi editor de Cultura e, em seguida, Secretário de Redação.

 

O trabalho na Tribuna acabou em 1999, quando ele  deixou o veículo para assumir, a convite da TV Bahia, a Chefia de Reportagem local, onde ficou por 11 anos. Entre 2007 e 2008, Jolivaldo esteve em Angola trabalhando com formação para jornalistas e na modernização estética e de conteúdo do Jornal de Angola.

 

Hoje, é diretor de jornalismo do portal Notícia Capital e editor do site Tribuna Empresarias. Escreve crônicas e contos para diversos sites e jornais e uma coluna de crônica da Tribuna da Bahia, há 30 anos. 

 

Atualizado em novembro/2011 - Portal dos Jornalistas/Bahia


Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)