APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Juarez Machado

Juarez Machado

Pintor, jornalista, publicitário, escultor, desenhista, caricaturista, ator, mímico, designer, cenógrafo, escultor,escritor e fotógrafo brasileiro. Mora em Paris, mas mantém estúdios em Joinville e no Rio de Janeiro

Juarez Machado nasceu em Joinville (SC), em 16 de março de 1941. Formou-se pela Escola de Música e Belas-Artes do Paraná, de Curitiba (PR), em 1964, fazendo parte de seu movimento artístico. Realizou, no mesmo ano, sua primeira mostra individual na galeria Cocaco, na capital paranaense. Fez estágio com Mário Cravo, em Salvador (BA), e com Chico Stockinger, em Porto Alegre (PA). Como ator e cenógrafo, fez um quadro de humor com o ator Ary Fontoura na TV Paraná (PR).

Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1966, onde residiu por 20 anos e intensificou a sua carreira, projetando-se através de seus desenhos de humor, publicados em vários dos principais jornais e revistas do País. Participou da 9ª Bienal de São Paulo, em 1967. No início dos anos 1970, voltou a participar ativamente na televisão, atuando nas áreas de cenografia e mímica, particularmente em programas musicais e na revista eletrônica Fantástico, da Rede Globo. Manteve, durante algum tempo, uma coluna de humor, a Nonsense, no Jornal do Brasil.

Buscando internacionalizar seu trabalho, voltou-se totalmente para a pintura no final dos anos 1970 e viajou pelos Estados Unidos, Dinamarca, Itália, Chipre, Israel, Grécia, Inglaterra e França. Fixou residência e montou ateliê na Rue des Abbesses, em Paris, em 1986. Voltou a fazer incursões pela ilustração, escultura, desenho e gravura. Expõe frequentemente no Brasil, Europa e Estados Unidos.

Recebeu várias premiações em salões brasileiros e outros prêmios internacionais, entre eles: o da 5ª Bienal de Humor na Arte, na Itália; o Nakamori 1977, de Melhor Livro Infantil, no Japão; o Prêmio Abril de Jornalismo 1980, de Melhor Humor em Artes Gráficas, e o Prêmio Destaque 1981, da Bloch Editores.

Foi galardoado com a Ordem de Mérito do Rio Branco, pela Presidência da República do Brasil, em 1990, com a Medalha de Honra de Champs-sur-Marne, na França, no mesmo ano, e com o título de Doutor Honoris Causa da Universidade de Joinville, em 2001.

Ilustrou e lançou diversos livros: Um Sensato Humorista do Insensato (Francisco Alves, 1970); O Segredo da Vida – Educação Sexual para Crianças, com Anna Maria de Oliveira (Bloch,1976); Ida e Volta (Primor, 1976); Domingo de Manhã (Primor, 1977); Por uma Questão de Saudade, com Marina Martinez (Nova Fronteira, 1984); Seis Tendências (Vésper, 1984); Nonsense (Vésper, 1984); Viagem aos Castelos de Bordeaux (1989); Quinze Pintores Contemporâneos Brasileiros (Spala,1991); Imagens do Comércio na Arte, com Jacob Klintowitz (Sesc/SP, 1991); Juarez Machado, monografia (L’Entrée des Artistes, 1991); Copacabana 100 Anos (Simões de Assis, 1992); Homenagem a Curitiba (Simões de Assis, 1993); Atelier de Artista (Simões de Assis, 1995); Ilha de Santa Catarina – Caderno de Esboços (Simões de Assis, 1998); La Fête Continue (Akka, 1998); Sculptures (Akka, 2000); Brazilian Art Book (G.Eta, 2000); Limite (Agir, 2001); Emoções (Agir, 2001); Le Libertin (Akka, 2002); Veneza (Simões de Assis, 2003); Mistério da Página 19 (Agir, 2003), e Diário de Bordo (Simões de Assis, 2007).


Atualizado em fevereiro de 2012.
Fontes:

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)