APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Juliana Wosgraus

Juliana Wosgraus

Viu, no casamento entre mídia e informática, uma forma de deixar de lado a Engenharia Elétrica e penetrar no mundo cultural catarinense, através das colunas dos jornais

Juliana Wosgraus é formada em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc/SC). Possui ainda cursos de literatura, música, cinema e televisão.

Chegou a exercer a profissão de engenheira eletricista, trabalhando na área de Distribuição de Energia Elétrica das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). Acredita que a experiência lhe ajuda muito no trabalho atual, “já que mídia e informática casaram de vez”.

Tornou-se colunista do Caderno Anexo, em setembro de 1987, na editoria de Cultura do jornal A Notícia (SC), de Joinville. Ela mesma fazia as ilustrações, com colagens. Ocupou o cargo até 1995, quando se transferiu para o jornal Diário Catarinense (SC), de Florianópolis.

Paralelamente, desenvolveu uma carreira na televisão, atuando como diretora do programa Olhar Catarinense na TV Anhatomirim (SC), afiliada da TV Educativa – hoje TV Brasil –, entre fevereiro de 1994 e outubro de 1995, e como apresentadora do programa Revista, na RBS TV (SC), no ano 2000.

Mantém um blog no portal clicRBS – o Blog da Juliana –, onde, desde dezembro de 2007, publica “furos, fatos, fotos e licença poética”.

Publicou os livros Miscelânea (Prometheus Libertus, 1994) e À luz da Lua: Deitada, em pé, encaracola! (Edufsc, 2007). Recebeu as medalhas Victor Meirelles, concedida pelo Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) e pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), e Antonieta de Barros, oferecida pela Câmara de Vereadores e pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, em 2010.

Ganhou, também, o Prêmio Especial do Júri no Salão dos Novos Artistas, promovido pela RBS TV e a FCC, e o Prêmio do Júri Popular do Festival de Cinema do Maranhão, como membro da equipe do curta-metragem Tubarões Voadores, dirigido por Ângello Sganzerla, em 1982.

Gravou um CD com composições próprias, que, infelizmente para os fãs, insiste em manter guardado na gaveta.


Atualizado em novembro de 2011.
Fonte:
Informações encaminhadas pela colunista

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)