APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Luís Nachbin

Luís Nachbin

Professor, diretor e apresentador de documentários, vídeo-jornalista freelance. Fez Globo Repórter, o programa “Passagem para...” apresentado pelo Canal Futura. Passou pelo jornalismo esportivo de rádio até se tornar um mestre, com uma bagagem superior a 140 documentários produzidos.

Luís Nachbin nasceu em 30 de julho de 1964, em Rochester, cidade localizada no estado de Nova Iorque, no Condado de Monroe, nos Estados Unidos. Naturalizado brasileiro, fez Mestrado em Televisão e Projetos Experimentais pela San Francisco State University, na Califórnia (EUA). Formou em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

A trajetória no jornalismo convencional começou em 1986 como repórter esportivo da rádio Tamoio. Ficou na emissora até 1988. Passou mais de um ano como repórter da TV Educativa, de 1988 a 89.

Entre 1993 a 94 foi correspondente internacional do jornal O Globo. A partir dali foi repórter da TV Globo, tarefa que se dedicou até 1997.

Foi viajar à Índia, quando ainda era repórter do programa do Globo Esporte, da TV Globo, e começou uma nova trajetória no jornalismo. Tinha uma pequena câmera e a ideia de produzir um material jornalístico sobre o país. A partir daí virou produtor independente e passou a percorrer o mundo sozinho.

Em 2001, com o documentário Transiberiana, A Estrada de Ferro Mais Longa do Mundo, foi o primeiro repórter a produzir um Globo Repórter, com um projeto individual, para a Rede Globo. Depois vieram Índia, histórias de amor e Sudeste Asiático também para o programa.

Para produzir o documentário, O Bem contra o Mal - um road movie sobre a guerra ao terror, cruzou os Estados Unidos de carro, de costa a costa - 9 mil quilômetros ao todo. Filmou belas paisagens e gravou depoimentos sobre a ameaça do terrorismo. A argumentação dos americanos, a favor ou contra a guerra do século XXI, comprovou, variava tanto quanto a paisagem.

Em 2003 passou a apresentar o programa “Passagem Para...” para no Canal Futura. Foi diretor do programa por cinco temporadas. Em 14 de novembro de 2008 comemorou o 50º país visitado em reportagens. O destino foi Belize, na costa nordeste da América Central. Trabalhou no programa até 2009.

Criou em 2004 a Matrioska Filmes produtora de documentários e reportagens pelo mundo. Sobre o trabalho Luís conta; “De 2004 a 2008, concebemos, produzimos e editamos 140 documentários de 30 minutos”. As abordagens são diversas. Podem variar de Casamento arranjado na Caxemira, gangues em El Salvador, a guerra civil colombiana, a festa de um típico funeral na Guiana… Tudo nos interessa”, afirma. E conclui: “Vamos até o último frame de esforço possível na busca por um audiovisual criativo, autoral, simples e honesto”.

Em 2012, como parte da série Entre Fronteiras, ele dirigiu um filme de 26 minutos sobre o artista Eric Adjetey Anang.

É professor de jornalismo na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio.

 

 

Atualizado em abril/2013 – Portal dos Jornalistas

Fonte:

http://www.passagempara.org.br/main.asp

http://www.matrioskafilmes.com.br/site/produtora/luis_nachbin/

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)