APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Luiz Antônio Novaes, o Mineiro

Luiz Antônio Novaes, o Mineiro

(1960 - 09/08/2016) Foi chefe da sucursal de O Globo em São Paulo, jornal pelo qual atuou durante 19 anos. Passou pelas redações de Brasília e Rio.

Luiz Antônio Novaes, o Mineiro, nasceu em Alfenas, sul de Minas e faleceu aos 56 anos no Rio de Janeiro.

Se formou pela ECA-USP e começou a carreira em São Paulo, trabalhando primeiramente na Veja e depois na Folha de S.Paulo.

Em 1988, transferiu-se para Brasília pela Folha, para participar da cobertura dos momentos finais da Constituinte. Foi coordenador, repórter e colunista do Painel. Em 1993, após a eclosão do escândalo dos Anões do Orçamento, tornou-se chefe da sucursal da IstoÉ em Brasília. No ano seguinte, junto com Luciano Suassuna, assinou o livro Como Fernando Henrique foi eleito presidente, lançado pela Editora Contexto.

Ainda em Brasília, passou à sucursal de O Globo em 1995, na gestão de Merval Pereira, e ali trabalhou com Rodolfo Fernandes – mais tarde diretor de Redação do jornal, e falecido em 2011 – e com Ascânio Seleme, atual diretor de Redação.

Cobriu o processo de impeachment do presidente Fernando Collor de Mello, em parceria com Gustavo Krieger e Tales Faria. Desta experiência, resultou a coautoria do livro Todos os sócios do presidente (Scritta, 1992). Os repórteres reuniram na obra as principais matérias sobre a onda de corrupção que assolou o governo, desvendando os bastidores do condomínio político-financeiro entre PC Farias e o presidente Collor, dos tempos de Alagoas ao processo de impeachment. O livro venceu o Prêmio Jabuti de 1993, na categoria Reportagem.

Mineiro foi para o Rio em 2000, como editor de Política e, um ano depois, assumiu, como editor-executivo, a primeira página. Após importante reformulação gráfica do jornal, conquistou, em 2003, com Rodolfo Fernandes e Cláudio Prudente, o Prêmio Esso, na categoria Primeira Página. Em julho de 2013, retirou-se para um período sabático, dedicando-se a projetos pessoais como um novo livro, agora sobre a história do PT.

Seu último trabalha começou em março de 2014, quando assumiu a chefia da sucursal de O Globo no Rio de Janeiro.

Foi casado com a jornalista e escritora Mara Bergamaschi, com quem teve dois filhos.

 

Atualizado em agosto/2016 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://br.linkedin.com/pub/luiz-antonio-novaes/42/344/822

http://oglobo.globo.com/rio/joao-roberto-marinho-melhor-midia-ainda-o-papel-5616448

http://pt.shvoong.com/exact-sciences/1825552-todos-os-s%C3%B3cios-presidente/#ixzz2vl4XsOFe

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticias-conteudo.aspx?id=1743

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)