APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Luiz Fara Monteiro

Luiz Fara Monteiro

Repórter e apresentador do Jornal da Record News em Brasília, foi correspondente na África do Sul pela emissora, âncora do programa “A Voz do Brasil” e “Café com o Presidente” na gestão do Presidente Lula.

Luiz Fara Monteiro é nascido no Rio de Janeiro/RJ, conhecido entre amigos como Lula, começou a carreira como locutor na rádio 105FM, atual Clube FM 105.5, Brasília, DF.

Foi apresentador do telejornal DF no Ar. Além do programa Café com o Presidente com o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Também foi âncora do noticiário radiofônico público, em horário obrigatório, A Voz do Brasil.

Destaca o desastre causado pelo terremoto no Haiti, sendo o maior desafio enfrentado como repórter. “Era complicado separar o lado profissional do pessoal, devido o grande desespero das pessoas”, afirmou em entrevista ao jornalista Paulo Navarro.

Lembra-se do maior furo de reportagem que deu em 2002 com a vitória da seleção brasileira na Copa do Mundo.  “Fui o primeiro jornalista a entrevistar os jogadores (pentacampeões do mundo), em cima de um trio elétrico, ao som de Ivete Sangalo”, relembra.

No final de 2008, dezembro, foi para África do Sul como correspondente da internacional TV Record. A Record inovou e tornou-se a primeira TV brasileira a deixar um jornalista fixo no país. Monteiro conta como precisou desconstruir a imagem de extrema miséria que o Brasil tem a respeito da África. A infraestrutura africana ganha de muitos países, onde estádios e aeroportos são impecáveis. “A polícia lá [na África] anda de BMW, aqui ela anda de carro 1.0” brincou. (Por: Paulo Navarro). Lá fez a cobertura da Copa do Mundo de 2010.

Em 2010 retornou para o Brasil e para a Record Brasília, onde atualmente é repórter e eventualmente apresenta os programas DF no Ar e Balanço Geral.

No dia a dia das coberturas em Brasília, Luiz tem ainda muitas histórias para contar. Em 21 de novembro de 2012 ele foi vítima de mais uma das grosseiras do Ministro Joaquim Barbosa com a imprensa. Ao fazer uma pergunta factual ao ministro, se ele estava "mais tranquilo, mais sereno" após a sua primeira sessão presidindo o STF. Barbosa respondeu: “Nesses dez anos, o ministro Joaquim (referindo-se a si mesmo) botou para quebrar aí, quebrou as cadeiras? Gente! Vamos parar de estereótipo, tá?”.

Dirigindo-se ao repórter, perguntou: – Logo você, meu brother! Ou você se acha parecido com a nossa Ana Flor [repórter da agência Reuters, que é loira]? A cor da minha pele é igual à sua [ambos são negros]. Não siga a linha de estereótipos porque isso é muito ruim. Eles [os demais jornalistas (brancos)] foram educados e comandados para levar adiante esses estereótipos. Mas você, meu amigo?  O repórter não arriscou outra pergunta. Ninguém protestou.

Os jornalistas que rotineiramente cobrem as atividades do STF parecem acostumados com a rispidez de Joaquim. que dias após sugeriu a outro jornalista “que fosse chafurdar na lama”.

Além de repórter, locutor, âncora e apresentador de televisão, Luiz é Instrutor de Media Training e pesquisador da comunicação.  

 

 

Atualizado em abril/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

https://twitter.com/luizfara

http://agencianoticias2011.blogspot.com.br/

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)