APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Luiz Ribeiro

Luiz Ribeiro

Repórter do Jornal Estado de Minas e Correio Braziliense, com vasta experiência em coberturas para a mídia impressa. Tem passagens pelo jornal Hoje em Dia e O Globo. Está entre os jornalistas mais premiados da Imprensa Brasileira. Em final de 2013 na nova edição do ranking dos '200 Jornalistas Brasileiros Mais Premiados de Todos os Tempos', ele já alcançava o total de 40 prêmios nacionais e regionais.

Luiz Ribeiro nasceu em Francisco Sá, norte de Minas, mas mora em Montes Claros (MG) desde a infância. Estudou Comunicação Social com ênfase em Jornalismo na Faculdades Unidas do Norte de Minas (Funorte) e cursou pós- graduação na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Também é formado em Administração pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e pós-graduado em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro (BH/ MG).

Iniciou a carreira profissional como repórter da sucursal do Jornal Hoje em Dia em Montes Claros. Posteriormente, entre 1990 e 1992, foi repórter freelancer da sucursal do Jornal O Globo em Minas.

Desde janeiro de 1992 trabalha para os jornais Estado de Minas e Correio Braziliense, ambos do Grupo Diários Associados, sendo repórter e jornalista responsável pela cobertura dos principais acontecimentos do Norte de Minas.

Foi selecionado para a equipe de cinco profissionais brasileiros escolhidos para o IGE (Intercâmbio de grupos profissionais), da Fundação Rotary Internacional, realizado na Alemanha (2005). Foi homenageado pelo Governo do Estado de Minas Gerais diversas vezes, com a Medalha da Inconfidência (2001), Medalha de Honra da Inconfidência (2006) e Grande Medalha da Inconfidência (2010).

Luiz Ribeiro está entre os 200 jornalistas mais premiados da imprensa brasileira, figurando na posição 115 e sendo o único jornalista mineiro em atividade em jornal diário a constar na pesquisa.

Jornalista de texto primoroso, Ribeiro sempre dá ênfase às questões sociais em suas reportagens. Acumula 27 prêmios de jornalismo, por trabalhos individuais e elaborados em equipe. Entre outras premiações, ele já faturou dois Prêmios Fiat Allis/ New Holland, dois Airton Senna de Jornalismo, um Libero Badaró, três Sebrae de Jornalismo e, por duas vezes, conquistou o Prêmio Esso. As mais recentes conquistas do repórter de Montes Claros foram: o primeiro lugar no 5º Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público (2011), com a série de reportagens “Água de Beber”, que ganhou juntamente com as repórteres Alessandra Mello e Juliana Cipriani; e o Prêmio Sebrae de Jornalismo (2012), com a matéria "Feliz Vida Nova", juntamente com Paulo Henrique Lobato, Paula Takahashi e Marcos Avellar.

É autor do livro “Corpos à Venda – Um relato sobre a prostituição Infanto- Juvenil e suas causas”, publicado pela Editora Unimontes em 2001. Estão em fase de finalização para publicação posterior os livros: “Violência contra a Mulher: sobrevivência aos tiros”, um relato sobre a violência contra a mulher; e o livro sobre as carvoarias do Brasil intitulado “Nos Rastros do Carvão”, um relato sobre os vários aspectos da atividade em vários Estados, com visitas a Minas Gerais, Bahia, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Luiz foi um dos finalistas ao Prêmio Esso de Informação Econômica, 2012, com Paulo Henrique Lobato, com o trabalho Sertão Grande, publicado no jornal Estado de Minas.

Em 23 de dezembro de 2013, a nova edição do ranking dos 200 Jornalistas Brasileiros Mais Premiados de Todos os Tempos, elaborado através de pesquisa realizada pelo site Portal dos Jornalistas/Jornalistas e Cia. Luiz Ribeiro ocupou a 101ª posição na pesquisa. Ele alcançou o total de 40 prêmios nacionais e regionais por trabalhos individuais e em equipe, sobre os mais variados temas: economia, desenvolvimento social, meio ambiente, saneamento básico e qualidade de vida.

Somente em 2013, figurou entre os ganhadores de oito premiações. Entre os concursos que conquistou estão os Prêmios Esso (ganhador duas vezes e finalista com outras cinco reportagens), Embratel, Sebrae, CNI, Petrobras, Allianz, Libero Badaró e Délio Rocha de Interesse Público. 

Luiz Ribeiro venceu a categoria Regional Centro-Oeste do Prêmio Esso de Jornalismo 2014 com a série A nova fronteira da sede, reportagem desenvolvida com Mateus Parreiras, em parceria com o repórter-fotográfico Beto Novaes e publicada pelo jornal O Estado de Minas. Os jornalistas percorreram três mil quilômetros para descreverem a desertificação de uma área de mais de 180 mil hectares no Noroeste mineiro. O trabalho também é finalista do Prêmio ANA de Imprensa, da Agência Nacional das Águas.

 

 

Atualizado em novembro/2014 - Portal dos Jornalistas/ MG.

Fonte:

Jornalistas 5& Cia - Edição de 17/10/2012

Informações fornecidas pelo próprio jornalista. 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)