APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Manuel da Costa Pinto

Manuel da Costa Pinto

Jornalista, crítico literário, ensaísta, apresentador de TV, colunista e curador. Foi um dos criadores da revista Cult. Acumula passagens pelo Jornal da USP, Edusp e o caderno Mais! da Folha de S.Paulo. É colaborador dos programas da TV Cultura, editor e colunista da Folha. Foi curador da Flip 2011 e comanda o Litercultura 2015 – Festival Literário de Curitiba’.

Manuel da Costa Pinto nasceu em São Paulo em 1966. É formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (USP/SP).

Iniciou a carreira no Jornalismo em 1986 como estagiário do projeto Brado Retumbante: do Golpe às Diretas, do jornalista Paulo Markun, em São Paulo. O resultado da pesquisa e entrevistas virou um livro que posteriormente foi adotado pelo programa Biblioteca do Professor da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

No início da década de 1990 trabalhou como editor executivo no Jornal da USP; foi editor assistente da Editora da Universidade de São Paulo (Edusp) onde trabalhou diretamente com o renomado professor e crítico literário João Alexandre Barbosa, nome indissociável do veículo. Depois, exerceu a função de editor executivo da revista Guia das Artes/SP, especializada em Artes Plásticas. Antes do final da década passou a ser redator e colunista do extinto caderno Mais! da Folha de S.Paulo e já atuava como crítico literário na imprensa em geral.

Em 1997 foi o idealizador da Cult – Revista Brasileira de Literatura, onde atuou como editor responsável e colunista até 2003, em São Paulo. Em seguida, começou a assinar a seção Rodapé Literário, quinzenalmente aos sábados, no caderno Ilustrada da Folha de S.Paulo. Nessa atividade permaneceu até 2010. De 2006 a 2009 foi coordenador editorial do Instituto Moreira Salles (IMS) na capital paulista.

Por mais de uma década colaborou e entrevistador do programa Roda Viva da TV Cultura na área de Literatura em geral. Na emissora, também participou como convidado de diversos programas. Atuou de 2007 a 2012 como editor e âncora do programa Letra Livre, continua à frente do Entrelinhas, na área de Literatura, como editor de Conteúdo e apresentador. Desde março de 2012, o Entrelinhas passou a ser exibido dentro do Metrópolis. No quadro, Manuel da Costa Pinto comenta lançamentos, novidades da literatura e exibe reportagens sobre literatura.

Há alguns anos acumula, ainda, a função de editor do Guia Folha (que publica informações e notícias sobre o universo de livros, discos e filmes) e desde maio de 2010 assina, aos domingos, a coluna Fique em Casa da revista Sãopaulo, ambos da Folha de S.Paulo.

Ex-editor da Revista Cult, segue como colunista do Caderno Ilustrada, da Folha de São Paulo, Manuel da Costa Pinto, foi nomeado em 2011 o curador da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que acontece anualmente na cidade fluminense, da qual sempre participou como jornalista mediador e debatedor. Foi curador da programação literária da Feira de Frankfurt, na Alemanha, entre outras curadorias

A diretora Manoela Leão, Litercultura 2014 – Festival Literário de Curitiba anunciou ao final do evento o crítico e jornalista Manuel da Costa Pinto é o novo responsável pela programação do Litercultura, a nova curadoria do evento. O festival firma-se no calendário cultural de Curitiba vislumbrando a edição de 2015.

É autor dos livros Albert Camus – Um Elogio do Ensaio (Ateliê Editorial, 1998), Literatura Brasileira Hoje (Publifolha, 2004), O Livro de Ouro da Psicanálise (Ediouro, 2007) e Paisagens Interiores e Outros Ensaios (B4, 2012). É coautor de Ilha Deserta (Publifolha, 2003), com Bernardo Ajzemberg, Carlos Heitor Cony, Contardo Calligaris, Maria Rita Kehl, Moacyr Scliar (1937-2011), Nina Horta e Nuno Ramos, e de Sala de Ensaio (Imesp, 2010), com Inês Bogéa e Antonio Prata. Atuou como organizador dos livros A Inteligência e o Cadafalso (Editora Record, 1998), sobre textos de Albert Camus, Antologia de Crônicas: Crônica Brasileira Contemporânea (Salamandra, 2005), Antologia Comentada da Poesia Brasileira do Século 21 (Publifolha, 2006), Grandes Entrevistas do Milênio: O olhar de grandes pensadores (Globo, 2009).

Manuel da Costa Pinto lançou julho de 2012 o Paisagens Interiores e Outros Ensaios, livro que reúne artigos publicados ao longo de sua trajetória, sobre autores como Dostoiévski, Albert Camus, Pascal, Tolstói, André Breton e Aldous Huxley. Esse foi o primeiro título da B4 Editores, selo editorial da Book Partners, empresa que completou assim sua reestruturação, iniciada com a compra das marcas Empório do Livro e Cia. dos Livros.

Amante da Literatura, Manuel da Costa Pinto possui uma carreira marcada pela presença constante dos livros e é um dos jornalistas mais reconhecidos da área por sua dedicação a este universo, segue como colunista da Folha de S.Paulo.

 

Atualizado em Janeiro/2015 - Portal dos Jornalistas.

Fontes:

http://www.litercultura.com.br/?p=1292

http://www.flip.org.br/noticias.php?id=596 , acessado em julho/2012

http://www.letraseleituras.com.br/entrevistas/?a=manuel_da_costa_pinto , acessado em julho/2012

http://markun.com.br/memoriacoletiva/04/19/estagiarios , acessado em julho/2012

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/manueldacosta/1034088-o-apocalipse-como-alivio.shtml , acessado em julho/2012

http://livraria.folha.com.br/pessoa/7202/manuel-da-costa-pinto , acessado em julho/2012

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/manueldacosta/1099215-a-bossa-da-fusao.shtml , acessado em julho/2012

http://tvcultura.cmais.com.br/metropolis/manuel-da-costa-pinto-5 , acessado em julho/2012

http://www.letraseleituras.com.br/entrevistas/?a=manuel_da_costa_pinto , acessado em julho/2012

http://www.sescsp.org.br/sesc/revistas/revistas_link.cfm?edicao_id=301&Artigo_ID=4691&IDCategoria=5340&reftype=2

http://veja.abril 

 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)