APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Márcia Foletto

Márcia Foletto

Repórter-fotográfica do jornal O Globo desde 1991, cobriu diversos eventos cariocas e nacionais. Traz na bagagem diversos prêmios de Fotojornalismo, entre eles o Rei da Espanha, em 2016.

Márcia Foletto nasceu em Santa Maria (RS) e é formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria (Ufsm/RS).

Iniciou a carreira como repórter-fotográfica no jornal A Razão, na cidade natal. Passou ainda por dois veículos do Grupo RBS, os jornais Pioneiro, de Caxias do Sul (RS), e Diário Catarinense, de Florianópolis (SC). Desde 1991 integra a equipe de O Globo (RJ), passando primeiramente pela editoria dos Jornais de Bairro, depois pela editoria Rio.
 
Participou de diversas coberturas importantes, como a Rio-92, a chacina da Candelária em 1993 e as eleições presidenciais de 1994, 1998, 2002, 2006 e 2010. Em um período mais recente, se especializou na cobertura de Cidade e Polícia, registrando também o dia a dia da guerra urbana entre policiais e traficantes.
 
Em 1995, recebeu o Prêmio Finep de Fotojornalismo por uma foto de crianças sendo revistadas por soldados do Exército em uma favela do Rio de Janeiro (RJ). Em 2003 e 2007 venceu o Prêmio CNT de Fotojornalismo, com as fotos Vôo Duplo e Trem-Bala, respectivamente. Em 2004 ganhou o Prêmio Ibccrim de Fotojornalismo, com a foto Infância no Morro. Ainda em 2007, ganhou o Prêmio Fotografe Melhor, na categoria Preto e Branco, com uma foto do Sambódromo do Rio de Janeiro. Dois anos depois, foi uma das vencedoras da categoria Foto Única do 2º Prêmio Foto Arte Brasília.
 
Entre as exposições que participou, destacam-se as coletivas Fotojornalismo Brasileiro 1990-95 (Fundação Bienal de SP, em 1995); Brava Gente Brasileira (Museu da República, RJ, em 2000); Brasil: 100 Fotógrafos Retratam o Cotidiano em 24 Horas (MIS, SP, em 2000); Retratos da Vida (Centro Cultural Banco do Brasil, RJ, em 2003),  e Direitos Humanos – A Declaração da Vida (Centro Cultural da Justiça Eleitoral, RJ, em 2008). Em 2006, apresentou uma retrospectiva de seu trabalho na exposição individual Quando o Ofício Encontra a Arte (Oi Futuro, RJ).
 
A série de fotos de Márcia Foletto sobre a pobreza no Rio de Janeiro para a matéria Os miseráveis, publicada em O Globo, venceu em janeiro de 2016 em Madri, na categoria Fotografia do Prêmio Rei da Espanha. Promoção da agência de notícias EFE e da Agência Espanhola de Cooperação Internacional, o concurso dará à vencedora seis mil euros (cerca de R$26 mil) e uma escultura em bronze do artista Joaquín Vaquero Turcios. Está na lista dos dez mais premiados jornalistas do País em 2016, de acordo com o Ranking Jornalistas&Cia.

 

 
 
Atualizado em Fevereiro/2017 - Portal dos Jornalistas.
Fontes:
Jornalistas&Cia - Edição 1.033
http://maispremiados.com.br/eliane-brum-e-natalia-viana-sao-as-premiadas-jornalistas-de-2016/
 

 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)