APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Mauro Zafalon

Mauro Zafalon

Na Folha de S.Paulo há mais de 40 anos - em duas passagens -, é um dos mais respeitados jornalistas de Economia no País. É Top 100 dos +Admirados Jornalistas Brasileiros 2014 e Top 50 dos +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças 2016.

Mauro Zafalon Ruivo nasceu no dia 19 de outubro de 1949, em Santa Mariana (PR). Estudou e fez sua carreira jornalística em São Paulo (SP). Primeiro, formou-se em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira, em 1971. Em 1976, concluiu o curso de Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Entre 2001 e 2002, fez MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras na Fundação Instituto de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FIA-FEA-USP/SP).
 
Começou como revisor da Folha de S.Paulo (SP) em março de 1972. No mesmo ano, ainda como revisor, passou para O Estado de S.Paulo (SP) e, em seguida, para o DCI (SP). Nesse último jornal, foi promovido para o Departamento de Pesquisas em 1975, cuja chefia assumiu em 1978.
 
Paralelamente, e desde 1973, passou a trabalhar também na redação do extinto jornal A Gazeta, no qual atuou como repórter em diferentes editorias.
 
Em maio de 1984, retornou à Folha de S.Paulo, como responsável pela seção Mercados, função que ainda exerce junto com a de repórter de Agronegócios. Desde então, assina a coluna Vaivém das Commodities, no impresso e no digital.
 
Na década de 1990, recebeu dois prêmios Abic de Jornalismo, da Associação Brasileira da Indústria do Café, sendo o segundo, em 1999 com a matéria Cafeicultura quer voltar aos bons tempos.
 
Em 1994, recebeu Menção Honrosa do Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos pela matéria especial Fome, um trabalho em equipe com Bruno Blecher, João Batista Natali, Gilberto Dimenstein, Abner Gondim, José Maschio, Fabio Guibiu, Paulo Peixoto e Roni Lima, publicada na edição de 19 de dezembro de 1993 da Folha.
 
Em julho de 2011, foi indicado para o Prêmio Comunique-se, na categoria Jornalista de Economia/Mídia Impressa. Ficou no Top 100 dos +Admirados Jornalistas Brasileiros 2014 e no Top 50 dos +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças 2016, segundo levantamento do J&Cia em parceria com a MaxPress.
 
 
Atualizado em novembro de 2016
 
Fontes:
Livro Quem é Quem no Jornalismo de Economia (Mega Brasil Comunicação, 2005)
Jornalistas&Cia edição SP 804A (28/7/2011)

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)