APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Natália Rangel

Natália Rangel

Especialista em cultura, atuou por quase 15 anos na IstoÉ, em duas passagens pela revista. Também ajudou na criação do Brasil 247, primeiro jornal diário desenvolvido para tablets

 

Natália Rangel nasceu na cidade de Lorena/SP e nasceu no dia 28 de janeiro de 1971. Se formou jornalista pela Pontifícia Universidade Católica de São paulo (PUC-SP) em 1995. Cursou também letras pela Faculdade de Filosofia, Letras, Ciências Sociais e História da USP, concluída em 1998.
 
Começou a carreira estagiando na revista IstoÉ na editoria A Semana. Passou cerca de cinco anos na revista onde atuou em diversas editorias.
 
Segundo a jornalista, "Foi ali que se deu minha verdadeira formação profissional, um aprendizado com todos os seus percalços e também conquistas e entendimento do modus operandi da profissão que havia escolhido. A experiência me preparou para enfrentar o mercado de trabalho com segurança. Sentia-me pronta para encarar qualquer fechamento editorial, não importando tanto a área de atuação. O importante era preservar sempre o compromisso com a informação, produzir matérias, seções, artigos ou editorias claras, bem editadas, visualmente agradáveis e com informações e texto checados exaustivamente. Levei estes ensinamentos comigo e os aperfeiçoei ao longo do tempo, mas o início de tudo foi ali."
 
Em seguida fez um estágio no jornal espanhol ABC, época em que morava em Madrid. Foi ainda, assessora de imprensa do site CGC Educação e colaborou para o portal de notícias UOL.
 
Em 2001 entrou para a revista Cláudia, da Editora Abril, onde era editora da seção de Variedades, além de participar do fechamento do especial de Natal e colaborar com reportagens na área de saúde. Ainda na Abril, colaborou com matérias para as revistas Superinteressante, Aventuras na História, Pense Leve e Vida Executiva.
 
Produziu reportagens para a revista Diálogos, do Conselho Federal de Psicologia e novamente colaborou com o portal UOL, desta vez na editoria de entretenimento.
 
Em 2003 voltou a IstoÉ. Atuava como repórter mas acumulava outras funções como co-responsável pela pauta, edição e fechamento da editoria de cultura. Permaneceu no veículo até 2010, quando decidiu tocar um projeto de comunicação. No ano seguinte ajudou a fundar o Brasil 247, o primeiro jornal diário para tablets, que hoje já conta com um portal online além de afiliados em diversas capitais.
 
Denise também colaborou com a Revista Brasileiros, em Salvador, com uma reportagem sobre o Festival de Música Erudita de Trancoso/BA, em abril de 2012.
 
No mesmo ano atuou como gerente de comunicação do espaço cultural e restaurante Ciranda Café.
 
Está de volta à São Paulo como repórter freelancer.
 
 
 
 
 
Atualizado em janeiro/2013 - Portal dos Jornalistas
 
Fonte:
 
Informações fornecidas pela jornalista

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)