APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Neide Duarte

Neide Duarte

Repórter especial da TV Globo, já ganhou diversos prêmios. Destaca-se por saber contar a história de pessoas comuns que ajudam a transformar a vida de comunidades. Foi eleita em 2014 entre os +Admirados Jornalistas Brasileiros pelo trabalho desenvolvido na TV Globo. Reeleita em 2015 confirmou a preferência nacional e ficou classificada entre os 100 mais admirados do Brasil. A votação é realizada por Jornalistas&Cia em parceria com a Maxpress.

Neide Duarte de Oliveira nasceu em São Paulo (SP), em 23 de março de 1951. Formou-se em Jornalismo pela Fundação Armando Álvares Penteado (Faap/SP), em 1974, e teve também uma sólida formação teatral, estudando com professores como Eugênio Kusnet, Sábato Magaldi, Lauro César Muniz, Dorothy Leirner e Marilena Ansaldi. Encenou peças importantes como O Banquete, de Mário de Andrade, dirigida por Myriam Muniz, e as As Criadas, de Jean Genet, com direção da Marilena Ansaldi. 
 
No início dos anos 1970, começou a carreira no Jornalismo com passagens pelo Diário Popular (SP) e pelo Jornal da Semana (SP). Em 1974, foi para a TV Tupi (SP) para trabalhar como repórter, experiência que durou apenas alguns meses. Em 1977, foi convidada para integrar a redação da Folha de S.Paulo (SP), onde permaneceu até 1979, especializando-se em matérias de comportamento. Depois, passou a fazer reportagens como freelancer para O Globo, na redação de São Paulo, até ser convidada a integrar a TV Globo, em 1980.
 
Na TV Globo, consolidou a sua vocação para as matérias de comportamento. Durante 16 anos, trabalhou para praticamente todos os telejornais da emissora, como Jornal Nacional, Globo Rural, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje e SPTV. Além disso, destacou-se nesse período como repórter especial do Globo Repórter e do Fantástico, para onde foi levada por Luiz Nascimento e Hedyl Valle Júnior. Depois disso, ficou um ano e meio no SBT atuando como repórter especial nos telejornais TJ Brasil e SBT Repórter. Em 1997, realizou para a TV Cultura o documentário São Paulo, Memória em Pedaços, em parceria com Maria Cristina Poli
 
De 1998 a 2005, passou a dirigir e apresentar o programa Caminhos e Parcerias, na TV Cultura de São Paulo. À frente desse programa, realizou um dos principais trabalhos jornalísticos de sua carreira, tendo obtido por ele diversas premiações, como o Prêmio Líbero Badaró e o Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, ambos de 2000, o Prêmio Mídia da Paz e o Prêmio Ethos de Jornalismo, de 2001, e o Grande Prêmio Barbosa Lima Sobrinho do IV Prêmio Imprensa Embratel, de 2002. 
 
Em 2005, retornou à TV Globo de São Paulo, voltando a atuar como repórter especial dos principais telejornais da emissora, além de participar das grandes coberturas jornalísticas acontecidas desde então, como o acidente do avião da TAM em Congonhas, São Paulo, em 2007.
 
Publicou o livro Frutos do Brasil – Histórias de Mobilização Juvenil (Aracati, 2006). Produzida pela ONG Aracati em parceria com a Fundação Kellogg, a obra traz histórias reais de protagonismo juvenil recolhidas em viagem pelo Brasil, e que também resultou em um documentário dirigido pela repórter. 
 
Em 2007, ganhou o Prêmio Docol/Ministério do Meio Ambiente de Melhor Reportagem de TV com a série Cem Anos da Represa de Guarapiranga, produzida para o SPTV. Em 2009, a repórter e a equipe do Bom Dia Brasil viajaram durante 15 dias pelo País para produzir a série Esperança, que mostrou ações sustentáveis dentro das comunidades e em prol do meio ambiente. Em 2010, produziu, junto com os repórteres Edney Silvestre e Marcello Canellas, o programa jornalístico Brasileiros, que mostrou histórias de pessoas comuns que ajudaram a transformar a vida de sua comunidade.
 

Em agosto de 2012 foi escolhida finalista pelo Prêmio Comunique-se na Categoria Repórter - Mídia Eletrônica, pelo trabalho na reportagem especial da TV Globo.

Foi eleita em 2014 entre os +Admirados Jornalistas Brasileiros pelo trabalho desenvolvido na TV Globo. Reeleita em 2015 confirmou a preferência nacional e ficou classificada entre os 100 mais admirados do Brasil. A votação é realizada por Jornalistas&Cia em parceria com a Maxpress.  

 

 

Atualizado em dezembro/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

Jornalistas&Cia – Edição 1028

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/em-os-cem-mais-admirados-jornalistas-brasileiros-top-100-em

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/revista-imprensa-comemora-25-anos

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/i-premio-comunique-se-i-divulga-finalistas
 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)