APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Paulo Nogueira

Paulo Nogueira

Subeditor do caderno Gerais do Jornal Estado de Minas. Possui grande experiência no jornalismo impresso e em assessoria de imprensa. Atuou também nos jornais Hoje em Dia, Diário do Comércio, O Tempo, Jornal de Minas, dentre outros.

Paulo Roberto Alves Nogueira nasceu em Itaúna, Minas Gerais, em 30 de outubro de 1962. Mudou para a capital mineira onde estudou Comunicação Social com ênfase em Jornalismo no Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH).

Iniciou a carreira profissional como repórter e pauteiro do Jornal de Minas, onde permaneceu por três anos. Posteriormente, foi editor da Imprensa Oficial de Minas Gerais.

Entre 1992 e 1994, atuou no jornal Hoje em Dia, onde ocupou os cargos de repórter, subeditor e editor dos cadernos de Política e Minas.

Em 1994, foi subeditor  de Economia do Diário do Comércio, quando, então, foi convidado a assumir o cargo de redator de Política no jornal O Tempo.

No início de 1998, se desligou do jornal e assumiu a Chefia de Redação do Jornal Diário da Tarde.

Paulo também atuou como Assessor chefe da Fundação Estadual do Meio Ambiente e da Associação Mineira de Defesa do Meio Ambiente, época em que se especializou em coberturas ambientais.

Em 2001, foi chamado para participar da equipe de repórteres do Jornal Estado de Minas. Passou pelos cadernos de Gerais, Política, e chegou a ser Editor de Primeira Página.

Dentre as coberturas que marcaram a carreira, o jornalista destaca a série de reportagens produzidas sobre a tragédia da Vila Barraginha, em Contagem (1992), em que 37 pessoas morreram soterradas. Foi uma cobertura trabalhosa, dramática e que proporcionou grande crescimento profissional.

Atualmente, Paulo segue no jornal como Subeditor do caderno de Gerais.

 

 

Atualizado em 05 de março de 2012 - Portal dos Jornalistas/MG

Fonte: Informações fornecidas pelo próprio jornalista.

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)