APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Pedro Landim

Pedro Landim

Especializado em Gastronomia, escreve sobre o tema no seu blog Boca no Mundo. É diretor de Eventos e consultor de Enogastronomia do portal UpTo Serra, participa do projeto +Asas e escreve para o site RioEtc e o jornal de bairro JB em Folha.

Pedro Assumpção de Brito, o Pedro Landim, nasceu no Rio de Janeiro (RJ) em 11 de janeiro de 1971. É filho da antropóloga e professora Leilah Landim Assumpção e do poeta, compositor, ensaísta e professor Antônio Carlos de Brito, o Cacaso (1944-1987). Aos sete anos, ilustrou a primeira edição do livro de poemas Na Corda Bamba (Do Autor, 1978), escrito pelo pai. Em 1981, teve a música As Coisas (Cláudio Nucci, Cacaso e Pedro Landim) gravada no disco Melhor de Três, de Cláudio Nucci. Em 1982, no livro Mar de Mineiro, de Cacaso, publicou dois poemas: O mar e Brinquedos. Trabalhou como ator na adolescência, estrelando o filme infantil O Cavalinho Azul (1984),  de Eduardo Escorel, baseado na obra de Maria Clara Machado, e fazendo participações na televisão – Armação Ilimitada, da Rede Globo – e  no teatro – O Ateneu (1987), de Raul Pompeia, e A Menina e o Vento, também de Maria Clara Machado. Publicou, no início da década de 1990, alguns poemas no Jornal de Letras e Artes (RJ).
 
Formou-se em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PucRio), em 1997. Iniciou a carreira como repórter no Jornal do Brasil (RJ), passando em seguida por O Estado de S.Paulo (SP) e pela editoria de Esporte da Gazeta Mercantil (SP). Migrou, como repórter, para o jornal esportivo Lance! (RJ), onde cobriu o Clube de Regatas do Flamengo e a Seleção Brasileira. Voltou-se, depois para as áreas de Cultura e Comportamento – no ano 2000, foi crítico musical no jornal O Dia (RJ) – até decidir se especializar em Gastronomia, no mesmo jornal. "Acabei me encontrando nas panelas", acredita. Passou também pela revista Gula e coordenou a seção de Gastronomia da revista Época O Melhor do Rio 2014/2015 (SP), além de escrever para publicações diversas, impressas e virtuais.
 
Criou e edita o blog Boca no Mundo desde abril de 2013, escreve sobre culinária carioca para o site RioEtc e para o JB em Folha (RJ), jornal de bairro do Jardim Botânico. Atua, também, como jurado nos concursos Comer & Beber, da revista Veja Rio (RJ), e no festival Comida di Buteco. Participa do projeto A Vez do Morro do site +Asas, que leva grupos de turistas – brasileiros ou não – a conhecer as delícias escondidas nos botecos mais simpáticos das favelas cariocas. Lançou – com Ana Silvia Mineiro, Luciana Neiva, Maria Fernanda Macedo e Roni Filgueiras –, em julho de 2016, o portal UpTo Serra, um guia de serviços e notícias para moradores e visitantes da Serra Fluminense, que pretende contemplar tudo o que acontece nos municípios de Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis. É diretor de Eventos e consultor de Enogastronomia da publicação.
 
Reuniu, organizou e fez publicar a antologia Lero lero (Sette Eletras/Cosac Naify, 2002), obra poética reunida de Cacaso, compilando sete livros e ainda parte de um material que estava inédito – poemas e desenhos – de autoria de seu pai. Em 2004, ao lado de Mário Adnet, finalizou a produção do CD Sem fim, disco traz algumas composições de Cacaso que se tornaram sucesso com os principais intérpretes da MPB.
 
Tocou percussão e liderou um bloco de Carnaval. Com Rodrigo Maranhão, integrante da Bangalafumega, compôs a música Zé Serrão, gravada pela banda.
 
 
Atualizado em outubro de 2016
 
Fontes:

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)