APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Rodrigo Carvalho

Rodrigo Carvalho

Repórter especial da Globo News, foi Prêmio Imprensa Embratel'2013, Líbero Badaró, e o da AMB – Associação dos Magistrados Brasileiros, na categoria especial Patricia Acioli. Traz em sua bagagem reportagens nacionais e internacionais, além do livro “Vivos embaixo da terra” resultado da cobertura do resgate dos mineiros na mina de San José no Chile. Lançou em 2014 seu primeiro documentário: 'Torre de David'.

Rodrigo Carvalho nasceu em Niterói (RJ), em 1987. Formou-se em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) em 2009 e, desde então, é repórter da Globo News.

Começou a carreira como estagiário no Jornal da Cidade, publicação quinzenal na cidade de Niterói/RJ. Em seguida, ainda como estagiário, atuou na TV PUC, do Projeto Comunicar, onde tomou gosto pelo jornalismo.

Antes da Globo News, Rodrigo foi estagiário no SBT, onde permaneceu somente alguns meses. Quando entrou na faculdade de Comunicação, estava em dúvida entre cursar publicidade ou jornalismo. No estágio, o estudante pode não só ratificar o interesse pela profissão, mas, também, estar no melhor lugar para um repórter estar: a rua.

Já participou de grandes coberturas, como o deslizamento em Ilha Grande e o desabamento em Angra dos Reis, isso nas primeiras horas de 2010.  Na manhã seguinte ao Réveillon, o jornalista se viu no litoral sul fluminense sem alguém para lhe substituir, virando a noite na cobertura. Um ano depois, estava na Região Serrana do Rio de Janeiro na maior tragédia natural que o país já viu.

O resgate dos mineiros no Chile foi sua primeira cobertura internacional, durante e após o resgate dos mineiros dos mineiros que ficaram soterrados por 69 dias na mina de San José, no Chile. A reportagem acabou transformando-se no livro Vivos embaixo da terra que Rodrigo lançou em 2011 pela Editora Globo.

O repórter Rodrigo Carvalho esteve no Chile, e a intensidade dessa experiência o motivou a escrever este livro. Aqui, o lado humano e o lado imparcial do jornalista, se reúnem num brilhante relato sobre esse que foi um dos eventos mais marcantes dos últimos tempos. No mesmo ano de 2010, Rodrigo Carvalho se viu diante de uma tragédia na esquina de sua casa: o desabamento do Morro do Bumba, em Niterói.

Realizou a cobertura da missão de paz da ONU liderada pela marinha brasileira no Mar Mediterrâneo, em 2012. Ele e o repórter cinematográfico Ruy Silva, ficaram embarcados cinco dias na Fragata União acompanhando o trabalho brasileiro, cujo principal objetivo era evitar que armas ilegais entrassem no Líbano e chegassem ás mãos do grupo islâmico Hezbollah. Depois, passaram três dias em Beirute, onde fizeram reportagens especiais sobre o processo de reconstrução da cidade depois da guerra civil.

Em abril de 2013 o repórter Rodrigo Carvalho fez a cobertura das eleições presidenciais da Venezuela, para a Globo News, diretamente de Caracas. Em seguida, a equipe foi direto ao Paraguai cobrir a eleição presidencial por lá. A eleição marcou a volta do Partido Colorado – representado por Horácio Cartes - ao poder. 

Foi vencedor do Prêmio Imprensa Embratel (2013), na categoria Melhor Reportagem de Televisão, pela série Juízes Ameaçados. A equipe percorreu quatro estados do país (RJ, SP, PE, MT) para acompanhar o dia-a-dia de juízes que vivem em perigo. Numa sequência de 5 reportagens especiais foram mostradas as rotinas de magistrados que vivem escoltados ou que pedem proteção policial por se sentirem ameaçados. Meses depois, em setembro de 2013, a série foi contemplada com mais dois prêmios: o Líbero Badaró, na categoria Telejornalismo, e o da AMB – Associação dos Magistrados Brasileiros – na categoria especial Patricia Acioli.

Durante a Copa do Mundo de 2014 Rodrigo Carvalho acompanhou a seleção brasileira na cobertura da GloboNews.

Em setembro de 2014, Rodrigo lançou no Festival do Rio seu primeiro documentário: Torre de David - sobre o arranha-céu de 45 andares ocupado por quase 4.000 pessoas, no Centro de Caracas, que ficou conhecido como a maior favela vertical do mundo. Para preparar o material, Rodrigo, idealizador do projeto, passou dois meses negociando a entrada da GloboNews na Torre de David - prédio comercial abandonado nos anos 90. O documentário foi realizado por ele e Julio Molica – “primeira equipe de TV brasileira a entrar na Torre", confirma Rodrigo.

 

 

Atualizado em setembro/2014 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://portal.comunique-se.com.br/index.php/sub-destaque-home/75289-jornalistas-lancam-documentario-sobre-a-favela-vertical-torre-de-davidhttp://portal.comunique-se.com.br/index.php/sub-destaque-home/75289-jornalistas-lancam-documentario-sobre-a-favela-vertical-torre-de-david

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/09/mostra-globonews-e-destaque-no-festival-do-rio-no-fim-de-semana.html

http://puc-riodigital.com.puc-rio.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=14095&sid=56

globolivros.globo.com/busca_detalhesprodutos.asp?

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)