APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Rodrigo Manzano

Rodrigo Manzano

O jornalista Rodrigo Manzano, editor de Mídia do Meio & Mensagem, faleceu em 20 de julho de 2013, aos 35 anos, em São Paulo. Durante a carreira passou pelas revistas Imprensa e Cult, tendo exercido vários cargos em ambas as publicações. Foi também professor de graduação e pós-graduação em Jornalismo e detentor de vários prêmios em sua carreira

(1978/ 20 de julho de 2013, em São Paulo)
 
 
Rodrigo Manzano Corrêa formou-se em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL/PR), no ano 2000. Cinco anos depois, concluiu o curso de Mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP).
 
Deu início à sua carreira em 2000, como redator da Sercomtel, empresa paranaense de telecomunicações, que opera com telefonia, comunicação de dados e internet. Em 2001, tornou-se redator-assistente da revista Imprensa. Entre idas e vindas, tendo passado pelos cargos de crítico e diretor de Redação, ficou oito anos na publicação, a qual deixou no primeiro semestre de 2011.
 
Em uma de suas saídas da Imprensa, trabalhou na revista Cult, tendo sido repórter, repórter especial e editor. No início de 2012, tornou-se editor da área de mídia do jornal Meio&Mensagem, depois de nove meses como editor convidado e colaborador em projetos especiais do Grupo M&M. Paralelamente, a partir de fevereiro de 2002, passou a exercer a atividade de professor universitário nas Faculdades Integradas Alcântara Machado (Fiam/SP), onde ficou até janeiro de 2012. Em 2011, estendeu esse trabalho a duas outras instituições: a Pontifícia Universidade Católica de Campinas (Puccamp/SP) e a Escola Superior de Propaganda e Marketing (Espm/SP).
 
Detentor de vários prêmios, começou a recebê-los tão logo ingressou no Jornalismo. Foi reconhecido na quarta, quinta e sexta edições do Prêmio Sangue Novo no Jornalismo Paranaense, em 2000 e 2001. O mérito é uma iniciativa do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná, com o apoio do Sindicato dos Jornalistas de Londrina, para reconhecer a produção de acadêmicos de graduação em Jornalismo no Estado. Da revista Imprensa recebeu o Prêmio Jornalista do Futuro II em 2001 e da FIAM/FAAM, a Menção Honrosa Irmã Dorothy Stang em 2005. Conquistou ainda o Prêmio Anatec de Mídia Segmentada 2008 e o Prêmio Marketing Best 2010, da Editora Referência.
 
Rodrigo Manzano faleceu em 20 de julho de 2012, em São Paulo numa noite de sábado, aos 35 anos. Ocupava o cargo de editor de Mídia do Meio & Mensagem. Ele estava internado desde 16/7 no Hospital Villa-Lobos, onde passaria por uma cirurgia, mas acabou falecendo após complicações decorrentes desse procedimento. O corpo foi cremado no domingo, no cemitério da Vila Alpina.
 
 
 
Atualizado em julho/2013 - Portal dos Jornalistas
Fonte:
Jornalistas&Cia
 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)