APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Rosiska Darcy

Rosiska Darcy

IMORTAL , embaixadora do Brasil na OEA, exilada na ditadura brasileira, conselheira do BID, consultora da Unesco, Jornalista, escritora, colunista de O Globo e o Estado de São Paulo, professora de doutorado do Departamento de Letras da PUC-Rio, presidente do movimento “Rio como vamos”.

Rosiska Darcy de Oliveira vence eleição para cadeira na ABL, torna-se, apenas, a quinta mulher entre os agora 39 membros da ABL, Academia Brasileira de Letras. A nova imortal concorreu pela primeira vez e terá assento na cadeira nº 10 que já foi ocupada por Rui Barbosa.

Rosiska Darcy, como assina, é carioca, bacharel em direito pela PUC-Rio e doutora em Educação pela Universidade de Genebra, na Suíça.

Começou uma carreira jornalística na revista Visão, Jornal do Brasil e TV Globo, mas precisou de um período sabático antecipado, no autoexílio imposto pelo regime político da época.

Dirige há 30 anos (desde 1983) projetos de fortalecimento da liderança feminina como fator de democratização da sociedade. Lecionou por 10 anos na Universidade de Genebra, onde fundou o Instituto de Ação Cultural – IDAC, que trouxe para o Rio, implantou e segue como diretora do movimento.

No governo do Rio de Janeiro, foi assessora especial do professor Darcy Ribeiro para a área de educação.

Integrou a delegação brasileira à Conferência Mundial sobre População no Cairo e foi membro da equipe que chefiou a delegação à Conferência Mundial sobre a Mulher em Beijing.

No Governo Federal, presidiu o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher. Em 1996, fundou o Centro de Liderança da Mulher que preside. 

Foi embaixadora do Brasil junto a Comissão Interamericana de Mulheres da OEA e integrou o Conselho sobre Mulher e Desenvolvimento do BID. Consultora de organismos internacionais é membro do Painel Mundial sobre Democracia da Unesco.

Jornalista, conferencista e ensaísta, é colunista de O Globo e o Estado de São Paulo.

Como escritora, seus dois primeiros livros, Le féminin ambigu e La culture des femme, foram publicados na Europa. Elogio da Diferença, publicado no Brasil e Estados Unidos – In Praise of Difference – deu continuidade à sua obra sobre o Feminino. Reengenharia do Tempo, seu último ensaio, propõe uma nova relação entre vida privada e mundo do trabalho.

Seus outros livros A dama e o unicórnio, Outono de ouro e sangue, A natureza do escorpião e Chão de Terra exprimem sua vocação de cronista.

Professora do doutorado do Departamento de Letras da PUC-Rio, membro titular do Pen Clube do Brasil, recebeu a Medalha Rio Branco por serviços prestados ao Brasil, a Medalha Tiradentes da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, os Prêmios RioMania da Associação Comercial do Rio de Janeiro, da qual é vice-presidente de Cultura, Orgulho Carioca da Prefeitura do Rio de Janeiro e Personalidade Cidadania 2006 da Unesco. Preside o movimento Rio como vamos.

A escritora e jornalista obteve 23 votos dos acadêmicos na eleição como imortal da Academia Brasileira de Letras, em 11 de abril de 2013. A posse da nova imortal que é marcada em até 60 dias após a eleição, será confirmada para Junho de 2013.

 

Atualizado em abril/2013 - Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://riocomovamos.org.br/rosiska/?page_id=2

http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cultura/literatura/noticia/2013/04/11/rosiska-darcy-de-oliveira-vence-eleicao-para-cadeira-na-abl-79477.php

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1261000-escritora-rosiska-darcy-de-oliveira-e-eleita-para-a-academia-brasileira-de-letras.shtml

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)