APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Samy Adghirni

Samy Adghirni

Primeiro correspondente brasileiro de um jornal brasileiro no Irã. Cobriu uma Copa do Mundo, os conflitos da Primavera Árabe e foi setorista no Itamaraty. Lançou em 2014 'Os Iranianos' pela editora Contexto.

Samy Leal Adghirni nasceu em 11 de junho de 1979, em Lyon (França). É jornalista formado pela Universidade Stendhal, de Grenoble (França), em 2001.
 
Filho de marroquino com brasileira, a jornalista Zélia Leal Adghirni. Atuou em diversos veículos franceses, como as rádios France Internationale e BMF, a agência France Presse e a revista Trax Magazine (especializada em música eletrônica). Cobriu a Copa do Mundo de Futebol da França 1998 para a rádio Guaíba (RS), de Porto Alegre.
 
No Brasil, escreveu para o caderno Mundo, foi setorista do Itamaraty e colunista de música eletrônica (Madrugada Beats) do Correio Braziliense (DF). Como repórter, cobriu conflitos da Primavera Árabe no Egito, na Líbia e na Tunísia, e fez reportagens no Marrocos, no Irã, no Iraque, no Iêmen, em Israel, na faixa de Gaza, na Cisjordânia, na Síria e na Jordânia, se especializando em assuntos do Oriente Médio e em política externa. Também escreveu reportagens diretamente dos Estados Unidos, da República Dominicana, do Equador, da Argentina e de países europeus.
 
Desde o final de 2007, trabalha na Folha de S.Paulo (SP), onde é agora correspondente estrangeiro, com base em Teerã. Trata-se do primeiro jornalista brasileiro a ocupar o cargo no Irã, onde já esteve duas vezes como repórter. De lá, é responsável por acompanhar a política, a cultura e a sociedade iranianas, além de cobrir eventos em países vizinhos.
 
Após quase três anos como primeiro correspondente brasileiro no Irã, o jornalista Samy Adghirni, da Folha de S.Paulo, lançou o livro Os Iranianos em julho de 2014, pela editora Contexto, no qual conta muito do que viveu e aprendeu naquele país tão peculiar e complexo. Além da imersão do autor na realidade social e cultural iraniana, a obra também trata de política, história, economia e artes, nela o brasileiro tenta desconstruir preconceitos sobre o Irã. 

 

Um livro e um adeus: na época do lançamento assinou pela última vez sua coluna na Folha online.
 
 
Atualizado em julho/2014 - Portal dos Jornalistas
Fontes:
Arquivo da Jornalistas & Cia.
 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)