APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Sebastião Nery

Sebastião Nery

Escreve uma coluna diária publicada em jornais de 20 estados; programa de TV na Rede Minas, conferencista e escritor. Atuou em política, foi um dos fundadores do PDT/Rio de Janeiro, escreveu e publicou inúmeros títulos focados na história recente do Brasil.

Sebastião Nery nascido em Jaguaquara, Bahia, em oito de março de 1932, fez o Primário no Educandário Carneiro Ribeiro, Jaguaquara, Bahia. Estudou no Seminário de Amargosa, Bahia, e no Seminário Central da Bahia, em Salvador, de 1942 a 1950.

Fez Filosofia: três anos no Seminário Central de Salvador, Bahia, que complementou com mais três anos na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte/MG. Em Direito, cursou quatro anos na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais e um na Faculdade de Direito na Universidade Federal da Bahia onde se formou em 1958. É fluente em cinco línguas: Latim, Português, Francês, Italiano e Espanhol.

É professor de Latim e Português em Pedra Azul e Belo Horizonte, jornalista desde Janeiro de 1952 tendo começado em Minas Gerais. Trabalhou em jornais, rádios e televisões de Belo Horizonte, Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Fundou e dirigiu jornais em Minas Gerais A Onda; na Bahia, Jornal da Semana, em São Paulo, Dia Um e no Rio de Janeiro o jornal Politika. Correspondente internacional de jornais e revistas em Moscou, Praga e Varsóvia entre 1957 e 58; Isto É e diversos jornais em Portugal entre 1975 e 76, e na Espanha em 77; adido cultural do Brasil em Roma entre 1990 e 91, e em Paris entre 1992 e 93.

Como jornalista começou a carreira na reportagem do O Diário, matutino ligado à Arquidiocese de Belo Horizonte. Em seguida deu início a outra carreira que seria determinante na sua vida, a de político. O primeiro pleito foi em outubro de 1954 quando disputou uma cadeira na Câmara Municipal de Belo Horizonte na legenda do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Eleito e diplomado, não chegou a assumir a cadeira: sua candidatura foi impugnada.

A trajetória política foi alternando-se à de jornalista. Assinava também a coluna política na Tribuna da Imprensa.

Depois de ter concorrido e vencido em várias eleições, em novembro de 1982 Nery elegeu-se deputado federal pelo PDT/Rio de Janeiro, partido do qual participou da fundação. Em novembro de 1986 concorreu à reeleição na legenda do PMDB, mas não foi bem sucedido. Deixou a Câmara ao término do mandato, em janeiro de 1987.

Permanecendo em Brasília, tornou-se assessor especial do governador José Aparecido de Oliveira (1985-1988), acompanhando-o quando a partir de setembro de 1988 ele assumiu a pasta da Cultura. Em março de 1989 Nery integrou-se à assessoria do candidato do Partido da Reconstrução Nacional (PRN) à presidência da República, Fernando Collor de Melo. Após a eleição de Collor, em dezembro de 1989, foi nomeado adido cultural em Roma (1990-junho de 1991) e em Paris (fevereiro de 1993).

De volta ao Brasil, Nery continuou com coluna na Tribuna da Imprensa, republicada no Diário Popular, de São Paulo, na Gazeta de Alagoas, em O Estado do Ceará, na Gazeta do Paraná e em O Estado de Santa Catarina.

Em fevereiro de 1997 escreveu um artigo no jornal Folha de São Paulo, acusando o presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, de "destruir" a legislação social e trabalhista do país.

A experiência da atuação na imprensa e na política possibilitou uma extensa obra publicada sobre a história recente do Brasil e o folclore político nacional entre elas: Sepulcro caiado: o verdadeiro Juraci, 1962; Folclore político v. l, 1973; Socialismo com liberdade, 1974; 16 derrotas que abalaram o Brasil, 1974; Portugal, um salto no escuro, 1975; e, Folclore político v. 2, 1976, Editora Record/Rio, que trouxe uma nova seleção de textos, que na época, recebeu do jornalista Millôr Fernandes, o seguinte comentário: "...No decorrer de sua experiência de mais de duas décadas como repórter especializado, Sebastião Nery pode colher, nos anfiteatros mais engraçados do Brasil, o Senado e a Câmara, muitos de seus momentos mais hilariantes". E prossegue: "Por isso, é um livro extremamente atual, esse Folclore Político, com o qual o próprio Nery aprendeu que, muitas vezes, parar de enfrentar o tigre frente a frente e puxar-lhe o rabo inesperadamente é mais útil à causa e muito mais eficiente. Já foi muito dito, mas nunca é demais repetir: castigat ridendo mores, ou seja, rindo é que se castiga os mouros". Dois anos depois saía a nova edição do Folclore político v. 3, 1978.

De 1980 a 2009 lançou mais nove novos títulos que poderão ser conferidos na ‘Linha do Tempo’ deste perfil. A Nuvem, 50 anos de História do Brasil, de 2009, encerrou um capítulo importante da vida política e econômica brasileira.

Em 2013, aos 81 anos, continua ativo no jornalismo escreve uma coluna diária publicada em jornais de 20 estados; programa de TV na Rede Minas, conferencista e escritor. Entre eles, está nos noticiosos: jornal Metro1, O portal de notícias da rádio Metrópole, Grupo Metrópole; coluna do Meio Ambiente no sebastiaonery.com, no Jornal WebMinas, A Voz do Povo, Diário do Povo, Teresina/PI e Notícias da Bahia. Mantém o site, que assina com o próprio nome.

Como comentarista da Rádio Metrópole, Sebastião Nery criticou os comentários que diminuem a candidata à presidência da república Marina Silva, em 22 de agosto de 2013.

Sebastião tem dois filhos, Jacques Nery, produtor de vídeo e Sebastião Nery Júnior, jornalista e uma filha Rita de Figueiredo Nery, estudante.

 

 

 

 

Atualizado em agosto/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

Foto: Dário Guimarães/Metropress (arquivo)

http://www.sebastiaonery.com.br/

Rádio Web Sebastião Nery.com.br/ Rádio Metrópole 101.3 FM e 1290 AM Telefone: 71 3505 5000 | Fax: 71 3505 5040

http://www.metro1.com.br/blog-mk.html

www.releituras.com/snery_menu.asp

avozdopovobj.com.br/site/sebastiao-nery-o-medico-de-chapadinho

www.diariodopovo-pi.com.br/Noticias.aspx?...tipo=Sebastião%20Nery

 

 

 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)