APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Tutti Maravilha

Tutti Maravilha

Radialista, locutor e apresentador do Bazar Maravilha, da Rádio Inconfidência. Atuou nas emissoras TV Bandeirantes, TV Alterosa, TV Horizonte, Rádio Capital, dentre outras. Foi um dos primeiros produtores musicais em BH e contribuiu para que a capital entrasse definitivamente no roteiro de shows musicais.

Aílton José Machado, mais conhecido como Tutti Maravilha, nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 13 de fevereiro de 1950. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), se especializou em apresentação de eventos culturais. 

Nos anos 70, foi o responsável pelos melhores shows de Música Brasileira e teatro na capital mineira. Chico Buarque, Caetano Veloso, Gil, Elis Regina, Vinícius de Moraes, Maria Bethania, Mílton Nascimento, Gal Costa, Clara Nunes, e outros lotaram várias vezes os teatros da cidade sob a batuta de Tutti. O primeiro disco acústico brasileiro – Rita Lee Bosa’n Roll – nasceu no projeto “Semana Elis”, produzido, criado e dirigido pelo jornalista.

Como apresentador de TV já participou de vários programas, entre eles, “Folhetim” na TV Bandeirantes, programas culturais da Rede Minas, “Bazar Maravilha”, na TV Alterosa e, recentemente, ficou três anos apresentando o talk-show “Tutti no 25” no canal 25 da TV a Cabo. Foi um dos apresentadores do semanal “Retratos”, na TV Horizonte,  durante três anos e meio.

Durante 25 anos, foi o apresentador oficial  do Festival de Papagaios da Cemig. É Mestre de Cerimônia da “Ação Global da Rede Globo – SESI” há quinze anos. Foi o agitador cultural do Projeto “Expresso Melodia” durante quatro anos, fazendo shows em vários bairros de Belo Horizonte e também pelo interior de Minas.

Sua paixão pela Música Brasileira já era evidente e, no final dos anos 70, foi convidado a integrar a equipe jornalística do programa Radiofatos, da Rádio Capital, emissora importante de Belo Horizonte nas décadas passadas. Tutti então, estreava no rádio, e posteriormente, passou a apresentar um programa de três horas diárias na emissora, falando e tocando a MPB.

Logo na estréia, contou com a força da amiga Elis Regina, que fez questão de dar uma entrevista exclusiva, ao vivo, pelo telefone, direto de Brasília, onde fazia show. A estrela da MPB da época se tornou a atração principal do programa. O trabalho na Rádio Capital foi de grande projeção e dali para a Inconfidência foi um pulo.

No início dos anos 80 nasce a Rádio Brasileiríssima/ Inconfidência FM 100,9 e Tutti foi convidado para ter o seu programa “Bazar Maravilha” na grade de programação.  O programa está no ar até hoje e completa, no mês de julho de 2012, 26 anos no ar. Com ele, Tutti tem lançado e apoiado vários artistas mineiros, como Pato Fú, Skank, Vander Lee, as cantoras Marina Machado, Regina Sposito, dentre outros.

O “Bazar” é um programa de toques culturais, toques engraçados, entrevistas e o melhor da música brasileira. Para divulgar a MPB o programa possui várias sessões  como “Marcha-Ré” com canções  do passado , “Tirando o Selo” com lançamentos , “Dois Tons” para música instrumental , “Dor de Cotovelo” com  canções  românticas e outras . 

Em abril de 2003, Tutti recebeu, na Câmara Municipal de Belo Horizonte, o diploma de “Honra ao Mérito” pelo programa “Bazar Maravilha” e outro diploma, também de “Honra ao Mérito”, pelo seu trabalho cultural  na capital mineira

Em 2007, o Bazar recebeu o prêmio  PQN de Ouro, na categoria Melhor Programa de Rádio.

Fez parte do grupo de comunicadores culturais, escolhidos pela Secretaria Estadual de Cultura de MG,  para a escolha dos participantes  da edição do Projeto Pixinguinha, Funarte – Edição 2004 .

Apresentou, durante  sete anos, o  projeto Cidade em Debate, do Shopping Cidade, projeto este ganhador do  Prêmio “Gentileza Urbana” do IAB. Nessa época, também recebeu o “Troféu do Rádio  Eduardo Mauro Velloso de Araujo”.

É o apresentador do Festival Sesiminas de Música/MG e tem apresentado a Mostra de cinema de Tiradentes, e a Mostra de cinema de Ouro Preto, eventos que acontecem anualmente em Minas Gerais.

Em 2009, o seu programa de Rádio, o Bazar Maravilha, foi convidado para ser transmitido diretamente do Museu de Arte da Pampulha comemorando os 53 anos do Museu e 113 de Belo Horizonte. Foi o primeiro programa de rádio FM transmitido diretamente do Museu.

Além do seu trabalho na rádio, Tutti também assinou diversas colunas em jornais como o Diário da Tarde e Jornal do Shopping.

 

 

 

Atualizado em maio de 2012 - Portal dos Jornalistas/MG

Fonte: Informações fornecidas pelo próprio jornalista. 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)