APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Vanessa Barbara

Vanessa Barbara

Cronista do Estadão e colunista do New York Times. Escritora, aos 21 anos lançou o primeiro livro e depois mais 4. Venceu os prêmios APCA e Jabuti de reportagem. É tradutora e preparadora da Companhia das Letras e ex-colunista do Blog da Companhia. Criou e comanda o site Seleta de Legumes desde 2001.

Vanessa Barbara nasceu em São Paulo, em 1982, e mora no bairro do Mandaqui, na capital.

Aos 21 anos escreveu o primeiro livro que cinco anos depois venceu os prêmios APCA em 2008 e Jabuti de reportagem no ano seguinte: livro-reportagem O livro amarelo do terminal (Cosac Naify, 2008), sobre o cotidiano da Rodoviária do Tietê.

Foi cronista do caderno Metrópole do jornal O Estado de S. Paulo em 2008-2009 e da Folha de S.Paulo em 2010-2014. Como cronista, participou da cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres-2012 e das Mostras Internacionais de Cinema de 2011-2012 para a Folha. Escreveu para a revista Piauí, reportagens sobre hipnose, telemarketing, astrologia, ioiô e anões.

Em 2012, foi uma das autoras selecionadas para a coletânea Os melhores jovens escritores brasileiros, da revista Granta.

É colunista do International New York Times desde 2013. Começou no jornal americano escrevendo um artigo sobre as manifestações de junho e desde então segue escrevendo mensalmente para o NYT.

O primeiro romance escreveu aos 21 anos, O Verão do Chibo, em parceria com Emilio Fraia. No mesmo ano escreveu o roteiro da história em quadrinhos A máquina de Goldberg, ilustrada por Fido Nesti e publicada pela Companhia das Letras e o infantil Endrigo, o escavador de umbigo (Ed. 34, 2011). Publicou o romance Noites de alface (Alfaguara, 2013), a graphic novel 

Criou e comanda o site Seleta de Legumes http://www.hortifruti.org/ desde 2001, onde estão as reportagens, crônicas, traduções, preparações e ficções publicadas nos mais diversos veículos, e ela completa a apresentação: “imprensa mandaquiense, nacional e interplanetária, em troca de exíguas patacas que pudessem custear os meus vícios”.

Voltou ao Estadão e estreou em 11 de agosto de 2014 como colunista ao Estado com temas sobre cultura e questões urbana. Sobre os comentários sobre as posturas que assume diante de alguns fatos do dia a dia, diz: “A democracia é feita de ‘loucos de palestra’ e populares exaltados – termo que ela criou no romance amarelo”.

Em 2013, foi convidada para o 2º Festival Literário de Macau (China). É tradutora e preparadora da Companhia das Letras e ex-colunista do Blog da Companhia.

 

 

Atualizado em agosto/2014 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

https://www.facebook.com/vmbarbara

http://cultura.estadao.com.br/noticias/literatura,o-olhar-criativo-de-vanessa-barbara-de-volta-ao-estado,1541140

http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-87

http://www.hortifruti.org/

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)