APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Vera Carpes

Vera Carpes

Produtora, editora, repórter e apresentadora de televisão, é uma das mais premiadas jornalistas de Brasília. É detentora de nada menos do que 13 prêmios de Direitos Humanos, 2 Prêmios Embratel de Jornalismo, 2 Prêmios Wladimir Herzog e 2 troféus de Imprensa da Associação dos Magistrados do Brasil. Total 21 prêmios.

Vera Carpes nasceu em na cidade de Riviera, no Uruguai. Radicada em Brasília desde 1998 é formada em Jornalismo pela UNISUL – Universidade DO Sul de Santa Catarina.

Produtora executiva, editora, repórter e apresentadora de televisão, da rede RBS TV, Rede Brasil Sul de Televisão, de maio de 1989 a 1994, Vera Carpes ao longo de sua carreira tem produzido um amplo painel jornalístico televisivo, voltado ao acompanhamento dos fatos que marcam o cotidiano nacional.

No ar desde abril de 2011 o Blog da Vera traz de Brasília para os internautas as Coberturas jornalísticas, do Congresso Nacional, Presidência da Republica e judiciário, com publicação nas redes sociais e download para emissoras de TV. No ar o blog transmite as informações ao vivo.

Foi oficialmente convidada para apresentar à comissão especial do PL 7123/10 o documentário Estrada Parque caminho do colono produzido em agosto de 2011por ela e o jornalista Valerio, que trata das dificuldades vividas pelos municípios de Serranópolis do Iguaçu, Capanema, Foz do Iguaçu no Brasil e ainda sobre a Argentina após o fechamento da Estrada do Colono. De acordo com a publicação da comissão, o objetivo foi o de subsidiar os trabalhos a serem realizados sobre o tema.

A jornalista está radicada em Brasília desde 1998 e detém nada menos do que 14 prêmios de Direitos Humanos, dois Prêmios Embratel de Jornalismo, dois Prêmios Wladimir Herzog e dois troféus de Imprensa da Associação dos Magistrados do Brasil.

Entre os 21 prêmios que recebeu estão: Em 1990 foi Prêmio Direitos Humanos e Comissão Sobral Pinto de Direitos Humanos por trabalho jornalístico realizado em prol dos direitos humanos no ano de 1990. TVE/RS. Em 1991 a Menção Honrosa do Prêmio ARI de Jornalismo. Reportagem exibida na TVE/RS e o Prêmio Direitos Humanos e Comissão Sobral Pinto de Direitos Humanos por trabalho jornalístico realizado em prol dos direitos humanos no ano de 1991. TVE/RS.

Em 1993 mais dois prêmios, o Prêmio ARI de Jornalismo, categoria Programa Especial de Televisão por reportagem exibida na TVE/RS e o Prêmio Direitos Humanos e Comissão Sobral Pinto de Direitos Humanos por trabalho jornalístico realizado em prol dos direitos humanos no ano de 1993. Reportagem exibida TVE/RS.

Em 1995 mais um Prêmio Ari de Jornalismo categoria Reportagem Geral/Televisão. Reportagem exibida TVE/RS.

Em 2003 a classificação Prêmio Embratel de Jornalismo com a matéria Tráfico de Animais Selvagens; 1o. lugar categoria Televisão – Prêmio Movimento de Justiça e Direitos Humanos e Ordem dos Advogados do Brasil/Seção Rio Grande do Sul – Prêmio Resgate Histórico pela série Guerrilha do Araguaia com o  Programa Via Legal- TV Cultura/TV Justiça.

No ano de 2004 foram cinco prêmios. 1o. Lugar na categoria televisão I Prêmio Brasil Cachaça de Jornalismo, com a matéria Cachaça. Classificação de duas reportagens nas categorias Nacional e Regional do Prêmio Embratel de Jornalismo – série Guerrilha do Araguaia, com a classificação nacional; 1º. lugar no Prêmio Embratel de Jornalismo categoria Regional, com a matéria Deserto do Jalapão”; 1o. Lugar categoria Televisão Prêmio Movimento de Justiça e Direitos Humanos e Ordem dos Advogados do Brasil/Seção Rio Grande do Sul – matéria Nova Série Guerrilha do Araguaia Programa Via Legal- TV Cultura/TV Justiça e o 1º. Lugar categoria Rádio, XXVI Prêmio Jornalístico Wladimir Herzog, em parceria com repórter Márcio Pessoa pelo Conjunto de Matérias: Vítimas sociais, de Insanidade e INFOSEG ou arquivo DOPS pela Rádio Cultura FM/POA RS.

Em 2006 foi Menção Honrosa na categoria Documentário/Especial de TV, no XXVIII Prêmio Nacional Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos - matéria Scuderie Le Cocq I e II. Obteve a segunda colocação no XXIII Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, do Movimento de Justiça e Direitos Humanos e OAB do Rio Grande do Sul, com a mesma matéria. Foi ainda o 1º lugar no III Prêmio AMB de Jornalismo, na categoria Jornalismo Nacional – matéria JEF Itinerante São João do Piauí. Programa Via Legal- TV Cultura/TV Justiça

No próximo ano, 2007, foi finalista do IV Prêmio AMB de Jornalismo, na categoria Jornalismo Nacional – Reportagem Planejamento Estratégico Humanitário. Programa Via Legal - TV Cultura/TV Justiça

E em 2008, o 2º lugar no XXV Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, na categoria Televisão com o Documentário Inferno I e Inferno II. Programa Via Legal – TV Cultura/TV Justiça.

Pelas reportagens publicadas no Portal Lei dos Homens recebeu o 3º lugar na categoria Verdade do 29º Prêmio do Movimento de Justiça e Direitos Humanos. Vera Carpes e os repórteres cinematográficos Tiago Mendes e Samir Martins receberam o prêmio no auditório da OAB em Porto Alegre, entidade parceira na premiação, em dezembro de 2012.

Além de dirigir o Blog da Vera, ela trabalha como repórter na Tribunal Regional Federal da 1ª Região - TRF1

 

 

Atualizado em junho/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=925058&filename=REQ+7/2011+PL712310+%3D%3E+REQ+7123/2010+%3D%3E+PL+795/2007

www.leidoshomens.com.br/index.php

Brasília · http://veracarpes.com.br

http://br.linkedin.com/pub/vera-carpes/37/390/1a0

http://www.veracarpes.com.br/premios

http://www.veracarpes.com.br/perfil

.

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)